O Preço Que Se Paga

O que você faria se descobrisse que a sua vida não é como pensa? Que as pessoas que ama são mentirosas? Any percebe que a sua vida nunca foi real e tudo aquilo que ela acreditava simplesmente não existe. Quando ela acha que tudo está perdido, conhece Jack, um misterioso porém lindo menino que ajudará a encontrar as respostas, más será que ele esta lá por acaso ou para piorar a sua vida?

6Likes
6Comentários
558Views
AA

5. Indecifrável

 Any estava atordoada entre os murmúrios de Rob e seus pensamentos , ela se sentia perdida a cada acontecimento como se estivesse se afogando e não conseguisse subir para a superfície, as formas a sua volta ficavam distorcidas e os acontecimentos a deixavam cada vez mais confusa.

Rob a observou preocupado.

-Você está bem?

-Estou - mentiu - o dia hoje está uma loucura.

-Pare de mentir pra mim - Rob pegou sua mão e olhou nos seus olhos procurando algum sinal - Sei que Cristopher pode ter te decepcionado e você está tentando ser forte mas se assustar com qualquer menino que talvez só queria fazer um trabalho da escola, não parece uma maneira comum. 

  As palavras pareciam ter sumido de Any e o melhor que conseguiu fazer foi concordar com a cabeça, conhecia Rob a tempo demais para saber o que o olhar dele queria dizer, sem falar mais nem uma palavra pulou do carro a caminho de Jack. Quando se aproximou percebeu que o rosto do garoto estava contorcido, como se não estivesse feliz em vê-la, isso a deixou muito inquieta.

-Posso ajudar em alguma coisa? - perguntou Any.

-Achei que poderíamos começar o trabalho - os olhos dele eram de um quase mel, como se fossem dourados de um jeito selvagem, assustadores e magníficos ao mesmo tempo - Se não tiver nenhum compromisso com seu namorado - disse apontando para Rob dentro do carro.

-Rob? - perguntou Any, achando graça daquela situação - Somos só amigos, se bem que não faço o tipo dele. 

A expressão de Jack passou de confusa para compreensiva e começou a se suavizar, como que achando graça da sua própria confusão.

-Então - continuou num tom ríspido - Podemos começar o trabalho? 

A mudança de humor de Jack deixou Any confusa , não queria fazer nada com alguém estranho desse jeito, mas alguma coisa nele a deixou maravilhada. Sem perceber Rob tinha aparecido atrás dela e observava os dois curioso.

-Prazer Rob- disse estendendo a mão para Jack, que a apertou - o que perdi?

-Só estou tentando fazer um trabalho e a sua amiga se recusa - disse num sorriso sarcástico.

A expressão de Rob se tornou puro divertimento.

-Talvez ela seja difícil demais, não é mesmo? -disse num sorriso sarcástico.

-É o que parece - respondeu Jack se divertindo da situação.

Rob se virou para Any e deu um beijo em sua testa.

-Não precisamos mais sair hoje, remarcamos. 

-Por que não? - o olhar de Rob demonstrava que ela já saberia a resposta. 

-Vou indo NyNy, passo amanhã para te buscar.

-Vai andando? - a preocupação era ciente em seu rosto.

-Duas quadras não me matariam - disse sorrindo - Tchau Cara.

-Até mais - acenou Jack, antes que Any pudesse protestar Rob já tinha saído. 

Any ficou perdida no olhar intenso de Jack, seus olhos tinham pontos dourados que realçava seu olhar feroz, esqueceu o motivo de ele estar ali se não fosse pelo som ríspido de sua voz.

-Any - falou entredentes - Vamos?

-A porta é por ali - disse apontando para porta da frente.

 

 

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...