In love With My Idol

Sabe quando você acorda sonhadora? Eu acordava assim todos os dias, acordava com esperança de ter uma grande mudança na minha vida, mesmo que todas as noites eu tenha os mesmo sonhos, e acordasse sabendo que nada aconteceu, eu tinha essa grande esperança de amor e um grande medo. Medo do futuro, medo de nunca poder chegar perto de você, medo de nunca poder te abraçar, medo de não poder ter só um pouquinho de você para mim. Exatamente isso que eu sentia antes de descobrir que o mundo da voltas. Na verdade nao sabia que milagres aconteciam, mesmo acreditando nisso mais que tudo.

20Likes
14Comentários
1362Views
AA

2. My Life

 

“Se você ainda espera por esse sonho, é porque no fundo, você ainda acredita nele.”

 

You’re insecure, don’t know what for

You’re turning heads when you walk throught the door

Don’t need make up, to cover up

Being the way that you are is enough

 

A música continuava com seu ritmo animado, mas nada de acordar de meu sono profundo. Na verdade eu estou acordada, só com preguiça de fazer qualquer coisa. Até que eu mexi o braço procurando pelo celular que estava em cima do criado-mudo ao lado da cama; e sem abrir os olhos, eu cantarolei o trecho que tocava e desliguei o despertador, voltando a afundar o rosto no travesseiro. Eu precisava daquele ritual para me levantar da cama.

Segundos depois abri meus olhos lentamente, espiei para fora olhando meu despertador vermelho.

“Droga” já são 7:20, minha aula começa as 7:45 –nada de tempo para banho hoje, afinal não tenho ninguém para impressionar- Fui até o banheiro fazer minha higiene bucal e jogar uma água no rosto para despertar, voltei ao meu quarto coloquei uma calça jeans e a blusa do uniforme. Eu me recuso de todas as formas usar aquela calça ridícula do meu uniforme. Eu tinha que sair de casa em menos de 5 minutos...Desci as escadas totalmente atrapalhada, deparei com minha mãe que estava na cozinha provavelmente preparando o café-da-manhã que eu não iria tomar... “Bom dia mãe” disse procurando meu pai pela sala, quando iria perguntar aonde ele estava, ela falou mais rápido “Seu pai esta no carro!” assenti e fui em direção a garagem, entrei no carro e meu pai logo deu a partida.

Ontem a noite eu desliguei meu computador, me deitei na cama e fiz de tudo para dormir, infelizmente foi “fail”, realmente aquilo que passou na TV estava certo, “aparelhos eletrônicos tiram o sono do ser humano” então resolvi ligar para a Mari que essa hora também deveria estar tentando dormir. Conversamos horas e horas, eu e a Mari se conhecemos aos dez anos de idade no colégio, depois eu mudei de escola e ficamos uns dois anos se vendo apenas nos finais de semana, mais fomos para o mesmo colégio no ensino médio, e agora por uma grande sorte estamos na mesma sala. A Mari também é fã da One Direction, então quando estamos juntas ou se falando por telefone e redes sociais sempre falamos dos nossos ídolos e planejamos nosso futuro juntas em Londres, existe lugar melhor? Londres é a melhor cidade do mundo, não só porque lá mora os cinco garotos mais perfeitos do universo, mas com certeza Londres é a cidade onde seus sonhos podem se tornar realidade.

Eu e a Mari estávamos falando sobre um concurso que havia para a Top Life Model’s, eles estavam elegendo três novas modelos para participar de seu grupo em Londres. Claro que nossa chance de ganhar era uma entre um milhão, mas meus ídolos sempre me ensinaram a acreditar em minha capacidade e em meus sonhos. Quando pequenas tínhamos um sonho de se formarmos em cinema, costumávamos assistir séries como  glee e gossip girl em todos os finais de semana, e sempre tínhamos esse sonho de um dia participar de alguma série ou filme, mas o tempo passou e nossos interesses modificaram-se, pretendíamos ser modelos e dançarinas que para muitos isso não é um emprego de verdade. Ficamos conversando sobre isso e pensamos em se escrever, não iriamos ser apenas modelos mais sim modelos britânicas. Como somos menores de idade, vamos conversar com nossos pais e pedir a autorização e assim que eles permitirem, vamos se escrever e concorrer.

Depois de desligarmos o telefone, passei praticamente a noite inteira imaginando eu e a Mari em Londres e é claro que grande parte dessas minhas imaginações incluía conhecer a One Direction na rua, assim como eu lia em alguns imagines no tumblr.

Então, ontem, acabei dormindo quando já era madrugada. Ou seja, fui babando para o colégio hoje.

A primeira aula era de química, particularmente a matéria mais chata e com certeza com o professor mais chato, o Sr. David... Estar com sono e a primeira aula ainda é da matéria que você mais odeia com o professor que você não suporta, realmente é para poucos. Eu estava ali quietinha, torcendo para não ser notada por ninguém, até que de repente alguém bagunça meu cabelo, levantei a cabeça para ver quem era, até que vi o Jake com aquele seu sorriso fofo mostrando suas covinhas, definitivamente era impossível brigar com ele, então, apenas dei um tapa em seu ombro fazendo ele rir e disse “Bobo”.

- Tadinha, eu disse que não era para fazer isso com ela! - ouvi uma voz que eu conhecia muito bem, era a Mari. Desviei meu olhar do Jake para frente exatamente na classe em que ela estava sentada.

- Você mandou eu jogar água nela! – Jake fez uma expressão de revoltado. Dessa forma até devo considerar o fato de que ele só bagunçou o meu cabelo, se fosse a Mari eu estaria com cara de sono, olheiras e molhada.

- Ah, você mandou ele fazer isso Mari?  - tentei ficar brava mais é impossível com dois idiotas na sua frente fazendo palhaçada, soltei uma risada, o pior é que minha risada não é discreta.

- Conte para a turma a piada dona Miller! - não entendo por que os professores e diretores tem esse costume de chamar os alunos pelo sobrenome.

-Desculpe, Sr.David.- Olhei para o Jake e fiz final de silêncio, ele resmungou revirou os olhos e ficou quieto. Não sou dessas alunas que gosta de arrumar problemas na escola.

Mari me olhou, tentou me falar algo mas não consegui compreender, rapidamente virou-se  para frente e começou a escrever algo. Passou-se alguns segundos e ela jogou um objeto em minha cabeça e dentro tinha um bilhete que estava escrito:

“Você está com cara de quem não dormiu hoje...A gandaia foi boa? É só eu descuidar que você já vai para a farra, ou ficou a noite inteira ensaiando aqueles passos? Aliás não é só você que esta com cara de quem não dormiu, o Sr.David também está com uma cara muito desagradável.”

Respondi:

“Amiga, você já deveria saber que não sou dessas garotas que curte muito festas. Eu apenas não estava conseguindo dormir. Essa é a cara que o Sr. David esta todos os dias.”

Passaram-se as horas e finalmente chegou o intervalo, eu e o Jake fomos os primeiros a sair da sala, a Mari resolveu tirar algumas dúvidas com o professor.

- Então...como esta a Dani? - Perguntei para puxar assunto, mesmo não suportando ela...A Dani é a namorada do Jake, eu não sou apaixonada por ele e nada desse tipo, mas ela é uma garota mimada e insuportável, Jake merecia gente melhor...

- Bem...Ela deve aparecer daqui a pouco. - Olhou para os lados, procurando por ela.

- Espero que não! - Cochichei olhando para o chão.

- O que você disse? Desculpa não ouvi. - Falou olhando diretamente em meus olhos.

- Não disse nada! - Em seguida dei um sorriso para disfarçar.

- Ah você disse sim.- Jake insistiu.

- Cheguei! Como foi a vida de vocês sem minha presença? Difícil? Eu sei disso. - Mari chegou falante e eufórica, dei um suspiro por dentro, devo agradecer a ela por me livrar de um momento meio constrangedor. - Já perguntou para seus pais Ray?  - Mari mudou de assunto.

-Perguntou o que?- Jake estava curioso.

-Você não disse pra ele ainda Ray?- Fiquei em silêncio. Eu queria dizer para ele somente se eu ganhasse,  afinal são poucas chances e eu nem perguntei para os meus pais ainda. – Não tais sabendo, então vai ficar agora! Bom, eu e a Ray vamos se inscrever em um concurso para a Top Life Model’s, eles vão eleger três novas modelos para participar de sua equipe em Londres!

- Porque não me falou Raynara? Eu sou seu melhor amigo.

-Ish... Me chamou pelo nome! Não adianta ficar bravinho ou coisa do tipo, ok? Eu não falei nem para os meus pais ainda Jake, nem sei se eles vão permitir. Eu iria te falar assim que eu me inscrevesse ou ganhasse... Se eu ganhar! – Percebi que ele estava chateado.

 

Por favor, comentem sobre o que acharam da fanfiction. Obrigada :) xx

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...