Believe


5Likes
3Comentários
1237Views

6. 6

-Não sei Niall só se a Sara e a tininha forem.
-Vem cá.- eu fui ao pé dele e ele sentou-me no seu colo- Elas podem ir, vá lá eu quero que o mundo saiba que eu estou feliz com a pessoa que amo.
-Não posso dizer não a estes argumentos.
O Niall da-me um beijo e o Harry entra.
-Calma eu preciso dele com forças para o concerto.
-Oh Harry ele vai estar bem para o concerto, agora eu preciso de falar com ele. Vai embora.
-Só vim dizer que o concerto começa em 30 minutos.
-Ok, Harry já entendi.
Eu e o Niall continuamos nos beijos enquanto o Harry foi embora.
-Querias falar comigo?
-Sim, tu estavas desejoso por ler o meu caderno e hoje podes ler.
-Mas porque hoje?
-Porque ele já esta cheio, foi por isso que eu não queria que lesses até ele estar completo.
-Tu tens sempre algo com que me surpreender.
-Eu tenho esse efeito em ti.
-Vá agora e melhor irmos.
-Só mais um beijo para dar sorte.
-Ok mas só 1.
-Ok, depois quero levar-te a um sitio.
-Onde?
-Depois vês.
-Nós fomos para o concerto e estava tudo a ser fantástico, os Big Time Rush e os One direction ficavam super bem a cantar juntos, de repente eu olho para as fãs e vejo a Cláudia.
-Tininha olha é a Cláudia.
-Não pode.
-O Sara aquela é a Cláudia.
-Pois é.
Ok aquilo foi estranho nos estava-mos mesmo passadas já não a via-mos a bues.
O Harry olhou para mim e eu apontei para a Cláudia de maneira a que ele percebesse que era ela a amiga de quem eu estava a espera.
A musica acabou e o Harry disse:
-Hoje vou fazer uma coisa diferente, vou chamar uma fã ao palco.
As fãs ficaram todas loucas.
O Harry escolheu a Cláudia.
-Como te chamas?
-Cláudia.
-Então Cláudia hoje é o teu dia de sorte.- ela ficou com um ar de como? ate o Harry lhe dar um alto beijo e as cortinas fecharem.
-Uau o que foi isto?
-Desculpa tens todo o direito de ficar chateada mas foi um impulso.
Nós não quisemos saber e foi moche a Cláudia. Estava-mos super felizes.
-Cláudia não avisaste que chegavas hoje.
-Desculpem foi sem querer.
-Não faz mal.-disse a tininha.
-Acho que já conheces o Harry.-disse a Sara.
-Estes são o Louis, Liam Zayn e Niall.-disse eu.
-Meninas agora em que desimpedir o palco porque o kendall vai cantar com a mulher dele.-disse o Niall
-Mas não era noiva?-disse eu.
-Ao que parece já casaram, o nome dela é Susana.
Ao ouvi-lo dizer Susana eu lembrei-me de uma super amiga que eu tinha e que era doida pelos Big Time Rush mas nunca meis falei com ela desde que acabei o secundário.
Nós saímos do palco e o Kendall começou a cantar e quando eu ouço a voz da rapariga vejo que era a Susana que eu conheci, eu não podia acreditar, ela cantava super bem e o Kendall olhava para ela como se a quisesse beijar o resto da vida.
Eu e a tininha já ia-mos começar a  gritar quando o Kendall e a Susana acabaram de cantar e as cortinas voltaram a fechar, eu a tininha a Sara e a Cláudia foi moche a Susana e abraços e perguntas e...
...e o Niall puxa o meu braço as cortinas tinham voltado a abri e só estava-mos eu e ele no palco, e ele começa a cantar a Moments.
-Vá canta comigo.
-Na... na ...não.
-Vá todas as fãs a ajudarem a minha menina vá.
Ele da-me o micro e da-me a mão.
-Fazemos isto juntos vá coragem.
Não sei como ganhei coragem mas comecei a cantar e cantei bem segundo todos os que lá estavam.
Os rapazes viram que eu não ia conseguir cantar a próxima sozinha com o Niall ( era a Up all Night) e vieram ajudar com a Sara, tininha, Kendall Susana e as fãs.
Finalmente o concerto acabou e a Cláudia ficou em minha casa com a tininha porque agora eu vicia com o Niall.
-Tininha eu levo a Cláudia a casa.
-Harry não sei...
-Vá lá.
-Ok mas a horas decentes em casa.
Eu e o Niall estava-mos no camarim e a tininha e a estava com a Susana e ela explicou que veio a Londres para gravar algumas musicas com os Big Time Rush e explicou ao Kendall que nós nos conhecia-mos desde a escola e era-mos super amigas.
Eu e o Niall estava-mos um bocado entretidos.
-Eu não te perdoo teres me posto a cantar,
-Oh mas cantaste bem e o pessoal ajudou, eu só queria cantar contigo uma musica especial.
-Ok, e onde é que me querias levar?
-Já vez.
Nos fomos andando a pé e chegamos em frente a um prédio bem alto.
-Reconheces este local?
-Eu sei que já o vi agora onde é que não.
-Vem cá.-Nós senta-mo-nos numas escadas- Faz um esforço.
-Não me lembro.
-Mas que espécie de fã és tu que não te lembras onde começou o nosso sonho.
Naquele momento eu lembrei-me era prédio do X Factor .
-O prédio do X Factor.
-Sim.
Eu deitei a cabeça no colo do Niall e ele começou a contar-me as histórias de quando eles estavam no programa e não parava-mos de rir.
-Ahm, Niall,...
-O que foi?
-Nada esquece.
-A serio?
-Sim.
-Vá o que se passa eu conheço essa cara.
-É a única que tenho
-Agora definitivamente passa-se alguma coisa.
-Nada estou só a pensar na Cláudia e no Harry.
-Tu sempre preocupada.
Enquanto eu estava preocupada o Harry e a Cláudia...
-Tu desculpas o beijo que te dei?
-Não sei aquilo foi estranho.
-Foi um impulso.
-Quando é que não é um impulso para o Harry Styles?
-É assim que as fãs me vem como o que esta sempre a mudar de miúda.
-Algumas sim.
-Eu não sei porque te beijei e se quiseres podemos conhecer-mo-nos melhor para ver se eu mudo a tua opinião.
-Ok, mas primeiro conhece-mo-nos e depois vemos a minha opinião a cerca de ti.
-Ok.
-Achas que me podes levar a casa ou não?
-Claro.
A Cláudia chegou a casa e o Harry não consegui nada, eu e o Niall continuava-mos a falar até que eu decidi ligar a Susana para marcar-mos um jantar para falar-mos sobre tudo o que aconteceu durante aqueles anos.
-Júlia...
-Sim Niall.
-E se fosse-mos para casa?
-Acho boa ideia o dia de hoje matou-me.
-Então hoje não brincamos.
-Oh Niall tu és mesmo pior do que o Harry.
-Hahaha, que piada.
-Hihihi hoje não há beijo de boa noite.
-Vou ficar amuado. 
-Ta bem , vamos para casa que eu estou de vestido e já estou gelada.(http://www.polyvore.com/cgi/set?id=61026560&.locale=pt-br)
-Não seja por isso.-ele deu-me o casaco dele.
-Ok por isto já ganhaste um beijo.
-Vês tu ficas quentinha e eu feliz.
Nós fomos andando e o Niall decidiu parar num bar problema começamos a beber e já andava-mos aos "s", ele estava pior do que eu, mas conseguimos chegar a casa, ele pegou em mim ao colo e disse:
-Em que dia te queres casar comigo?
-Como?
-O Zayn e a Sara casam para a semana, o Liam e a Tininha para o mês que vem e nós.
-Casamos já.
Ele pousou-me na cama e deitou-se em cima de mim, ele queria festa mas no nosso estado não ia-mos lá muito longe.
-De uma escala de 0 a 10 quanto é que achas que eu te amo buterfly?
-Nenhum desses valores, o amor não se mede em escalas. E eu quanto é que achas que eu te amo?
-É difícil dizer acho que rebentamos a escala.
-És mesmo tonto.
-Eu!! Que mentira.
-Eu disse isto no bom sentido.
-Eu sei estava só a implicar contigo.
-Mas eu não gosto quando fazes isso e porque é que tu te estas a rir?
-Ficas gira quanto estas chateada, estou-me a rir que nós estamos há 3 minutos a dizer parvoíces sem noção.
-Nós tamos é com uma grande bebedeira.
-Olha fala por ti.
-Eu bem vi o tombo que ias dar ao subir as escadas.
-Ia mas não dei.
-Eu vou mas é tomar um banho e vou dormir.
-Ok vai lá.
Eu fui tomar bano e de repente o Niall bate a porta.
-Posso?
-Não.-mas ele entrou a mesma.
-Tou a tomar banho ok.
-E não vou ver nada que ainda não tenha visto.
-Fora.
-Não- ele entrou para a banheira de roupa e começou a beijar-me.
-Para, que ainda nos magoamos, eu não disse que estavas completamente bêbado.
-E eu não disse que era completamente doido por ti.
-E eu estou a ver que estas encharcado e que vais ficar doente.
-Não seja por isso tomamos banho juntos e resolvemos o problema.
-Não.-tinha sido tarde de mais ele já tinha tirado a roupa e já estava agarrado a mim.
-Tu és mesmo doido.
-Por ti.
Nós acabamos de tomar banho e eu sai primeiro do que ele, eu estava a procurar o meu pijama quando o Niall chegou e me agarrou na cintura.
-Fogo que susto.
-Desculpa, não te queria assustar, de que estas a procura?
-do meu pijama.
-Ha isso.
-Acho que estão todos na lavandaria.
-E agora, bonito.
-Eu empresto-te uma camisa ou nem tens de te vestir.
-Ah!.
O Niall conseguiu o que queria teve a festa dele, nos acabamos por adormecer agarrados um ao outro.
No dia seguinte a Sara ligou-me para eu ir com ela comprar o vestido de noiva. Eu é claro que disse que sim, vesti-me e tomei o pequeno almoço.
-Já que vais com a Sara comprar o vestido dela ve se decides em que dia nos casamos.
-Mas tu lembras-te disso, eu pensava que era a bebida a falar.
-Não eu quero mesmo casar contigo.
-Porque não decides tu o dia.
-Se demorares muito decido.
-Ok até logo.
Eu e a Sara fomos a um monte de lojas e  não tinha-mos encontrado nada até que encontramos o vestido perfeito para ela (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=60953066&.locale=pt-br).
-Sara eu tenho uma cena para te dizer.
-O que já me estas a assustar.
-Eu acho que estou gravida.
-O que!!!!
-Ya o Niall vai matar-me.
-Ele ama-te e não vai fazer isso, eu também tenho uma cena para te contar.
-O que?
Outro dia o Zayn estava a falar com o Niall e ele disse que adorava ter um filho contigo e o Zayn só disse para ele tentar quem  sabe.
-O meu deus então era por isso que ele não me largava.
-Ya.
-Vamos ter com a Cláudia e depois eu falo com o Niall.
-Ok mas não te preocupes ele vai adorar saber que vai ser pai.
-Uau, isso soa um bocado estranho.
-Ya agora que falas nisso é esquisito.
Nós fomos ter com a Cláudia mas o Harry por isso decidimos ir para casa a Sara tinha de acertar uns pormenores com o Zayn  e eu ia falar com o Niall.
-Cheguei.
-Olá, como foram as compras?
-Bem achas que podemos ir a praia?
-Sim.
Eu e o Niall fomos até a praia e ele estava a divertir-se eu sentei-me na areia e disse:
-Temos de falar.
Ele começou a andar de um lado para o outro preocupado e as lágrimas começaram a cair e as duvidas a surgir.

-O que se passa, já me estas a preocupar.
-Eu,eu...
-tu...
-Eu estou gravida.-naquele momento as lágrimas caíram com mais força e eu percebi que o Niall sorriu.
Ele ajoelhou-se ao pé de mim, levantou o meu rosto e disse:
-Eu vou ser pai?
-Sim.
-E porque estas a chorar, tornas-te-me o homem mais feliz do mundo.
-Porque estava com medo que reagisses mal e quando a ua mãe descobrir vai matar-nos.
-Não se nos casar-mos primeiro.
-Sim e isso é tipo missão impossível.
-Não é não liga as raparias e diz para elas irem ter com o Harry vestidas como se fosse para uma cerimonia de casamento.Eu ligo aos rapazes e ao Harry e digo onde é que eles vão ter e o que têm de fazer.
-Ok-Eu liguei a Sara e as outras incluindo a Susana e o Kendall.
-Niall já esta e agora.
-Vai a uma loja e compra um vestido branco e eu vou contigo para ser mais rápido e também compro o que preciso.
-Ok, vamos.
-Estas nervosa?
-Sim mesmo muito.
-Vai correr tudo bem.
Nós fomos comprar as roupas e foi mais ou menos isto (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=60958849&.locale=pt-br).
O Harry tratou de arranjar o bolo e a igreja basicamente falar com o padre e dizer que era uma urgência o Niall já tinha as alianças e fomos a correr para a igreja já estavam lá todos mas não perceberam nada até o padre dizer "  pode beijar a noiva" pode ter sido um casamento as pressas mas foi perfeito. A Sara trouxe-me um ramo de rosas ela sabia que o Niall se ia casar mal soubesse que ia ser pai e depois fomos para nossa casa fazer a festa e explicar a todos a razão deste casamento as pressas.
-Júlia.-eu virei-me e era o Josh.
-Josh o que fazes aqui?
-Desculpa.
-Mas porque?
-Por pensar que ainda gostava de ti eu gosto mas como uma irmã.
-O Josh-eu dei-lhe um abraço, o Niall não entendeu ao principio e ficou com ciumes mas acabou por entender.
-Eu estou perdoado?
-Por mim sim agora o Niall não sei.
-E é verdade que estas gravida?
-Sim.
-Espero que sejam felizes os 3, obrigada por seres quem és e não teres mudado, por seres uma pessoa capaz de perdoar.
-Obrigada pelos elogios, queres que chame o Niall eu posso ficar aqui se quiseres.
-Podes chama-lo e não tens de ficar aqui, eu  tenho de fazer isto sozinho.
-Ok.- Eu chamei o Niall e ele e o Josh falaram e agora voltaram a ser amigos o Liam e o Louis andam doidos a dizer que vão ser os melhores tios do mundo enquanto o Zayn diz que ninguém é melhor do que ele, o Harry naquele momento só não chorou porque não podia ele fugiu para o jardim e eu fui atrás dele.
-O que se passa Harry, porque estas assim?
-Verte assim eu lembro-me da separação dos meus pais e de como todos pensam que eu não sou capaz de ter uma relação seria com ninguém.
-Harry mas tu não és assim, e não contes isto a ninguém mas eu também tenho os meu pais separados, eu fui criada com os meus avós o que achas que eu estou a sentir o medo de perder o Niall o medo que me aconteça o mesmo.
-Porque é que nunca nos contaste nada?
-Porque tal como a ti custa-me falar sobre isto.
Eu e  o Harry demos um abraço e ele começou a chorar.
-Harry não chores assim também eu vou chorar por favor, mas não conseguimos e começamos a chorar os dois, o Niall e o Josh entraram disparados pelo jardim e viram aquela cena não sabiam o que pensar.
-Buterfly o que se passa?
-Nada Niall o Harry é que se lembrou da infância e eu também e lembra-mo-nos de coisas tristes.
-Mas está tudo bem?
-Sim.
O Niall e o Josh voltaram para dentro eu e o Harry limpamos as lágrimas e quando estava-mos a ir ter com eles ele disse:
-Obrigada por não teres contado nada.
-E a ti o mesmo.
Nós voltamos para dentro e o Niall sentou-me o colo dele e não me largou mais. A festa acabou e eu e o Niall fomos para o quarto.
-Júlia nós vamos ficar 9 meses sem brincar.
-Niall eu esperava uma pergunta dessas do Harry não tua.
-Desculpa mas não quero perder a pratica.
-Depois vemos isso.

 

Depois de tudo o que aconteceu eu percebi que aquela era a altura certa para eu pensar sobre a minha vida e tudo o que aconteceu naquele ano. O Niall transformou-se num Harry, e eu estava a detestar. Eu queria aquele rapaz meigo, carinhoso,  romântico, com quem eu me esbarrei na livraria, eu quero o meu Niall de volta. Não o Niall versão Harry que só queria festa, o Niall já não me fazia surpresas, o Niall que me fazia chorar e sentir que já não era especial para ele. Sinceramente eu não sei porque estou a escrever isto num diário deve ser a forma que eu encontrei para fugir do mundo, eu só quero que as coisas voltem ao normal. Daqui a 5 dias o Zayn e a Sara vão casar. Eu estou super feliz por eles! Um mês depois vai ser o dia da Tininha e do Liam, ele que sofreu tanto por amar alguém, tal como a Tininha, eles merecem ser felizes. Neste momento o que me preocupa mais é o Harry. Ele sempre foi super querido para mim, mas ele andra atrás da Cláudia como um lobo. Fogo é de mais. Ela está sempre a mandá-lo passear, mas ele é teimoso, e vai acabar por sair  magoado de tudo isto, vão sair os dois, eu sei que o Harry está a gostar mesmo da Cláudia, mas ele não quer mudar. Como é que eu vou explicar, ele quer continuar a ser o Harry que eu conheço, o mulherengo com coração mole. Ele não quer ser um cãozinho amestrado. Ele quer que a Cláudia faça o que o Niall fez comigo, que me deixe ter liberdade para sonhar e realizar os meus sonhos, que me ame como eu sou e não me tente moldar. Acho qye o Harry quer isso, ele quer continuar a ter um espírito livre, um sonhador. Continuando, eu e o Niall estamos super contentes com o nosso filho ou filha, não paramos de imaginar como será e ainda não nasceu e já é a criança mais amada do mundo.

 

Bem acho que é tudo, o Niall adorou ler o que eu escrevi durante 1 ano e agora está aqui a olhar para mim a escrever e a dizer para me despachar porque temos uma consulta. Se alguma coisa se passar eu volto para escrever, por agora vou aproveitar a vida com a pessoa que eu amo, vou ser feliz.

 

- Já acabaste? Temos de ir. Despacha-te.

 

-Sim, já acabei. E qual é a pressa eu é que estou grávida não és tu.

 

- Posso não estar grávido mas não quero que aconteça e falte nada aos amores da minha vida.

 

-Vais ser um pai babado.

 

-Porquê, ias ficar com ciúmes?

 

-Mau, achas, eu sei o quanto me amas.

 

-Ha, já não posso implicar contigo.

 

-Pois não.

 

-Posso ler o que escreveste?

 

-Não estavas com pressa?

 

- Tava, mas vá lá.

 

-Oh, lês enquanto vamos andando.

 

- OK.

 

Ele deu-me um beijo e outro na minha barriga. E antes de começar a ler disse:

 

-Tu vais ver filhote, a mãe tem um talento enorme para escrever, aposto que ela te vai fazer imensas histórias.

 

-Oh, Niall isso foi tão querido.

-Pois foi, agora vou mas é ler isto antes que mudes de ideias.

-Ok, mas depressa, agora sou eu que estou com pressa.

O niall leu o que eu escrevi e ficou muito pensativo, não disse nada enquanto fomos para o médico e quando chegamos ele decide falar.

-Aquilo que escreveste é verdade? Tu tens saudades do velho Niall?

-Sim e sim. O novo Niall é muito festeiro e é mais doido.

-Sabes eu também tenho saudades do antigo Niall.

-E porque não voltas a ser ele, a Sara já me contou da tua conversa com o Zayn.

-Isso não foi nada.

-Pois não, por isso é que depois da conversa mudaste drasticamente.

-És capaz de ter razão.

-Não sou capaz eu tenho razão e conhecer-te como eu conheço foi uma das coisas que me fez apaixonar por ti.

-Eu também te amo mesmo muito. E sim, eu mudei por causa da conversa com o Zayn e já não gosto da mudança.

-Sabes se tivesses falado comigo, não precisavas de isto tudo para eu agora estar grávida.

-Eu sei, desculpa, prometo que para a próxima falo contigo.

-Acho bem que fales, porque o outro Niall como aquele já é abusar da sorte.

-Ok vamos que já está na hora.
 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...