Believe


5Likes
3Comentários
1241Views

1. 1

Eu e a Sarinha fomos para Londres so para ver os 1D, e chegamos 2 semanas mais cedo para poder ver a cidade. Um dia fomos a uma livraria, quer dizer eu fui a livraria e a sara ao café.

Apesar de não ficarmos juntas no mesmo ano continuávamos a darnos super bem e enquanto eu escolhia uns livros ela comia bolos.

Quando eu ia para pagar esbarrei-me em alguém e deixei cair os livros no meu pe e foram uas dores, eu acabei por cair e a pessoa com que eu me esbarrei perguntou (em ingles e claro mas achei melhor por em português)

-tu estas bem??

Quando eu olho para sima vejo que era o Niall horan e so disse:

-sim- mas quando ia a levantar-me não consegua npor o pe no chao.

- desculpe não o vi foi sem querer.

- também tava distraído a culpa foi minha- ele ajudou-me a apanhar os livro e perguntou-me se u morava ali perto eu disse que tinha uma amiga a minha espera no café ao lado da livraria e ele disse que também tinha de ir ao café porque tinha o Zayn a espera e que fazia questão de me mostrar a cidade e levar a casa era uma maneira de pedir desculpa eu disse que não era preciso mas ele insistiu e fomos ter com a sara ao café.

Então eu fui com ele ate ao café e encontramos a sara e eu apresentei-os e a sara  que disse:

- mmmaaas esse e o Niall Horan dos 1D como é k vocês se conhecem? Podem apresentarme o resto dos raazes?- e mil e uma perguntas mais e eu expliquei-lhe:

- nos acabamos de nos conhecer eu e o Niall esbarramos um contra o outro na livraria.

- ok mas vocês são amigos agora ou cena assim?

- Nem sei, ele insistiu para vir aqui, mostrar-me a cidade e levar-me a casa.

- E vocês vinham aqui porquê?

- Vimos ter com o Zayn -disse o Niall.

- o quuuuuuuuuueeeeeeeeee, ooo Zayn?

- Ve la não te passes calma ok.

- Zayn vem ca please. – disse o Niall.

- Esta e a Júlia e a sara as minhas novas amigas.

- Novas amigas ha ha. – disse ele a rir.

- Não gozes Zayn e asserio eu e a julia esbarramo-nos na livraria e ela tinha a amiga a espera dela aqui e alem disso a julia magou-se e o mínimo que eu posso fazer e já agora eu se fosse a ti tava de boca fexada porque a sara tem muita personalidade.

- Personalidade ha, acho que vamos ser excelentes amigos.

- Sara tens a chave do apartamento é que eu vou indo, e por favor podias levar um bolo de chocolate eu dou-te  dinheiro disse eu.

- Na boa Júlia, depois nos vemo-nos no apartamento.

- Zayn depois podes levar a Sara a casa? Disse o Niall.

- Claro na boa- acho que a  Sara já estava mais calma neste momento.

Eu e o Niall fomos andando e ele estava a ser super querido comigo, ele era um verdadeiro cavalheiro posso dize-lo.

De repente ele pergunta:

- Júlia…

-sim Niall..

-Posso fazer-te uma pergunta?

- Já estas a fazer, mas sim podes.

-Tu gostavas de ver o meu lugar preferido da cidade??

-Sim, e eu também posso fazer-te uma pergunta.

- claro.

- Aquela cena de ser-mos amigos e mesmo verdade??

- Depois deste bocado que passamos juntos acho que amigos não e a coisa indicada para se dizer, mas melhores amigos sim. - eu dei-lhe um beijo na ara e um abraço como se não houvesse amanha.

- Para que foi isso???

- Obrigada, eu sou aquele tipo de rapariga que e posta de parte e mal tratada muitas das vezes mesmo que as pessoas que o fazem não o façam por mal, e eu sempre vi os meus amigos e amigas rodeados de gente, populares, com namorados e namoradas e eu apenas sorria mas esse sorriso doía mais do que possas imaginar.

- Eu sei o que isso e depois de me tornar famoso algumas faz só vêem os outros e não a mim e por vezes são mas para mim e eu também só sorrio e esse sorriso dói e muito.
- Como e que achas que a Sara e o Zayn se estão a dar?
- Bem, não te preocupes ele e muito simpático só se arma em Durão.
Bem e no café a Sara mostrou a sua personalidade ao Zayn e ele mereceu, ele fez com que ela se sentisse muito mal e isso não se faz, ela saiu a correr do café e ele foi atrás dela e pediu desculpa que não era por causa dela era  ele que estava com problemas com a namorada e sem querer descarregou em cima dela.
 A Sara tem um coração enorme e e super querida e amiga e uma super fã do Zayn e acabou por perdoa-lo e ele foi com ela até casa e conheceram-se melhor, ele perguntou:
-É a ultima vez que te vejo??
- Por mim não.
- Toma.
- O que é isto?
- O meu número de telemóvel, promete que me ligas.
- Eu prometo que te ligo Zayn.- e deu-lhe um beijo no canto do lábio.
- Eu adorei conhecer-te.
- Também eu.
O Zayn foi-se embora e a Sara ficou em casa enquanto eu e o Niall continuava-mos a passear.
Depois da Sara se ter despedido do Zayn, passados 20 minutos, ele ligou-lhe a perguntar se ela queria marcar alguma cena com ele, ela disse que por ela tudo  bem mas o problema era a namorada dele e ela não queria arranjar problemas.
- Nós somos apenas bons amigos( mete bom nisso), e ela não me pode impedir de ter amigas boas, quero dizer boas amigas como tu, e além disso ela não manda em mim.
- Por mim tudo bem desde que não cause problemas a nenhum de nós.
- Não te preocupes, amanhã vou buscar-te as 11am. Pode ser??
- Sim, para mim e perfeito, até amanhã então.
A Sara estava ansiosa que eu chegasse a casa só para me contar o que tinha acontecido.
Mas eu estava com o Niall.
Fomos ao sítio preferido dele em Londres, era um parque que não tinha quase ninguém e tinha um lago onde se podia andar de barco e haviam patos e cisnes por lá.
- Este e o meu sítio preferido em Londres, tu deves saber que eu sou da Irlanda, eu gosto de vir para aqui para pensar é muito tranquilo. Olha tu queres andar comigo de barco??
- Sim, mas não te ponhas com brincadeiras porque eu não sei nadar e é a 1ª vez que eu vou andar de barco.
- Ok,Ok, e tu não sabes nadar! E nunca andaste de barco!
- Tens algum problema??
- Não como só e a 1ª vez que andas de barco eu vou torna-la mais especial.
- Tu és um querido Niall.
- E tu és um amor.
Pena que não seja o amor dele mas não faz mal, entramos para o barco, e é claro que ele me ajudou e quando começamos a andar eu esqueci-me de todos os meus medos, a agua do lago era tão limpa que se viam os peixes e haviam pedras no fundo que devem um toque magico aquele lugar. 
- Estas a gostar do passeio?
- Sim, esta a ser perfeito- eu inclinei-me para tocar na água.
- Para - e agarra-me no braço parece que não é fundo mas é e eu não quero que tu caías ou te afogues ou te magoes.
- Obrigada, já é a 2º vez que me "salvas".
- I can't be no superman but for you i'll be superhuman.
- Save you tonight uma das minhas musicas favoritas.
- Qual e aquela que gostas mais?
- Moments mas choro sempre que a ouço.
- Porque?
-Porque e bonita e faz-nos pensar no verdadeiro amor e no meu caso como, ficarei uma 4ever alone.
- Não digas isso, tu és linda, e querida, e...
-É esse "e" que ninguém sabe.
- Gostas da I Wish?
- Também é uma das minhas preferidas.
E de repente ele para o barco e começa a cantar para mim i wish.
Quando ele acabou eu fiquei OMG, um concerto privado e com uma das minhas musicas preferidas, eu amei.
- O que é que achaste? 
- Amei, foi mesmo fantástico.
- Acho que devíamos e tu Júlia?
- Também.
Voltamos do passeio e ele perguntou o que eu ia fazer a noite e eu disse que ia ficar em casa com a Sara, talvez ver um filme.
- Queres vir conhecer os outros 1D?
- Sim, claro.
- Então toma.
- O que é?
- O meu número de telemóvel.
-Ok.
- É melhor levar-te a casa, a Sara já deve estar preocupada.
- Tu és sempre assim ou é só comigo?
- Assim como?
- Tão querido, oh não sei como explicar.
- O que estas a  tentar perguntar é se eu faço o que estou hoje a fazer contigo com todas as raparigas com quem me esbarro.
- Sim e isso.
- Não, só contigo, eu vi que eras especial, e deu para ver durante o tempo que ficamos na livraria.
Confias em mim?
- Confio.
O Niall levou-me a casa e perguntou-me:
- Sabes onde é que eu moro?
- Não.
- No prédio azul, ou seja dois prédios em frente ao teu.
- E conseguem viver todos lá?
- Sim, parece pequeno por fora mas é gigante por dentro.
- Ok.
- Venho buscar-te as 8 hoje jantam lá em casa.
- Mas não vamos incomodar?
- Não, não te preocupes, só em estar pronta as 8.
Ele despediu-se e deu-me um beijo no canto do lábio.
- Até logo.
- Até já.
Eu disse a Sara que o Niall nos tinha convidado para jantar lá na casa deles, e ela ficou em pulgas.
Nós preparamo-nos, a Sara estava super gira toda produzida, eu não achei que fosse preciso tanta coisa por isso só levei os meus calções vermelhos e a minha camisola as riscas azuis, com os meus ténis.
As 8 em ponto o Niall chegou ( pontualidade britânica).
- Estás linda -disse ele.
- Se achas que eu estou linda devias ver a Sara.
- Já vi, mas tu ainda estas melhor.
- Obrigada.
- Vamos?- perguntou.
- Sim.
Fomos os 3 para casa dos rapazes e quando o Niall abre a porta o Zayn vê a Sara vai a corre busca-la e diz:
- Estas magnifica.
- Obrigada.
- Rapazes, esta é a Sara,Sara estes são o Louis, Liam, Harry.
Harry: Olá.
Liam. Oi.
Louis: Olá.
o Zayn fugiu com a Sara para uma espécie de jardim, bem disse o Niall que o apartamento era gigante parecia uma mansão dos filmes.
Enquanto isso o Niall entrou comigo.
- Malta, esta é a Júlia.
Harry: Olá, tu é que és a famosa Júlia, é que o Niall passou as ultimas 3h a falar em ti e a produzir-se ao mesmo tempo, é um feito único.
- Então Niall não tinhas demorado tempo nenhum a arranjar-te ha.- disse eu
Harry-disse ele.
Liam: Oi, Liam Payne sou eu, gosto em conhecer-te, não via o Niall tão feliz desde que lançamos o nosso 1º álbum, estas a fazer-lhe mesmo bem.
- Obrigada- disse eu.
Louis: Olá, mas o pior foi o Zayn, desde que o Niall ligou a avisar que vocês vinham cá jantar que não largou o espelho.
- Uau! Deve ter batido o recorde pessoal.-disse eu.
- O que é isso que trazes ai? - perguntou o Niall.
- A minha especialidade, bolo mix.
- Mix? -perguntaram os 4.
- Sim, eu chamei-lhe bolo 1D porque tem 5 sabores.
- 5 mas como é que isso é possível perguntou o Harry.
- Magia, tem sabor a chocolate,
- Chocolate!!!- disse o Liam.
-Cenoura, -continuei e o Louis salta.
-Cenoura, mmmm -diz o Louis.
-Limão, Morango e Iogurte.
-Estou ansioso por experimentar.-disse o Niall.
Harry: E tu que não tivesses fome.
Nós ficamos na sala a conversar e a conhecermo-nos melhor enquanto o Zayn e a Sara...
-O que se passa Zayn?- perguntou a Sara.
-É a minha namorada estava impossível e acabei com ela.
-Lamento muito.
-Não lamentes ela estava obcecada ele ficou com uma lágrima no canto do olho.
-Não te preocupes, daqui a pouco tu encontras alguém que goste de ti a sério e que não esteja só obcecada.
De repente ele olha para a Sara nos olhos e dá-lhe um beijo tipo aquele dos filmes ou histórias,
-Porque é que fizeste isso perguntou a Sara.
-Queres ser a minha namorada?
Ela ficou um bocado em choque com a pergunta.
-Mas só nos conhecemos hoje.
-Isso não importa, com o tempo válidos conhecendo melhor. Aceitas ou não?
-Aceito.-E volta o beijo de cinema.
quando eles voltaram para a sala o Zayn disse:
-A Sara é a minha nova namorada - ficamos todos impressionados.
Harry: Bateste o recorde mundial de acabar com uma namorada e passar para outra.
-Oh não chateies Harry-disse o Zayn.
- O que interessa é que estão felizes. - dissemos eu e o Niall em conjunto.
-Fomos jantar e quando acabamos eles provaram o meu bolo e pode dizer-se que amaram.
Eu estava um bocado cansada e disse ao Niall que queria ir para casa, ele não se importou, despedimo-nos dos rapazes e o Niall levou-me a casa.
-Queres entrar? - perguntei.
-Claro, pode ser.
Ele entrou e olhou para os filmes que eu tinha ao pé da tv.
-Tu gostas de filmes de terror?
-Sim, mas não os posso vê-los sozinha porque fico assustada.
-E se eu vir contigo? Não é tarde por isso...
-Ok.
Sentamo-nos no sofá e escolhemos os jogos da fome porque não tinham muito terror.
-Niall..
-Sim, o que se passa?
-Eu e a Sara só vamos ficar duas semanas para o concerto e depois vamos ter que voltar para Portugal.
-Porquê??
-Ambas vamos entrar para a universidade e a única coisa que nos faria ficar cá em Londres, era sermos aceites numas das universidades de Londres.
-Não te preocupes, com isso agora, vamos aproveitar enquanto estamos juntos.
Começamos a ver o filme e quando começaram as cenas de morte eu assustei-me e agarrei-me ao Niall como se só ele me conseguisse proteger.
-Calma, eu estou aqui. - disse ele.
Ele abraçou-me, e fez com que eu me sentisse melhor. Por fim acabamos os dois por adormecer no sofá, abraçados um ao outro eu estava com a cabeça no colo , dele e ele estava a abraçar-me como um ursinho de peluche.
Quanto a Sara e ao Zayn, não os vi em casa, pelo menos na minha e da Sara, agora o que eles andam a fazer isso não sei.
No dia seguinte estavam todos doidos ( Harry, Louis e Liam)
a nossa procura. A Sara e o Zayn adormeceram no jardim a olhar para as estrelas e de manhã quando acordaram foram ter com o Louis, o Liam e o Harry.
-Zayn finalmente apareces-te, e que não te encontrava-mos nem à Sara em lado nenhum, e não encontramos o Niall- disse o Louis.
-Eu sei onde é que ele está. - disse a Sara.
Harry: Onde?
-Venham comigo. - disse ela.
Eles vieram até ao nosso apartamento, e a Sara abriu a porta de vagar e disse:
-Não façam barulho, o mais provável é terem adormecido no sofá. -eles entraram e a Sara tinha razão.
Louis: Vamos acorda-los?
-Espera! -disse o Zayn - deixa-me tirar uma foto primeiro, eles estão tão queridos.
O Zayn tirou a foto e depois pregou-nos um susto de mote e começou a rir-se como tudo.
-Tas doido? -dissemos eu e o Niall em conjunto.
-Devias ver como vocês estavam a dormir, pareciam um verdadeiro casal, espera mas podes ver porque eu tirei uma foto. ha ha ha.
Liam: O Zayn já chega, não te esqueças que se não fosse ele não tinhas conhecido a Sara.
-Tens razão, e não sejas tão racional.
-Alguém tem fome? - perguntei.
É claro que o Niall disse logo que sim e os outros também.
-Eu ofereço o pequeno almoço. -disse
Todos ajudaram a Preparar o pequeno almoço e no final o Liam disse:
-Não se esqueçam que as 10 temos a gravação do clip. Vocês gostavam de assistir?
-Claro, nós estamos ansiosas com o novo álbum e ainda mais agora que sabemos que vai haver um clip. - disse a Sara.
- Ok então eu o Liam e o Harry vamos andando e depois vocês vão lá ter com o Zayn e o Niall.
-Ok. - disse eu.
Eu e a Sara fomos nos vestir e  Zayn e o Niall também e depois o Zayn levou a Sara no carro dele para poderem aproveitar e o Niall levou-me no dele.
Quando chegamos ao local das gravações estava tudo fabuloso e os rapazes iam começar a filmas mas o Zayn disse:
-esperem, tenho de dar um beijo de boa sorte na minha Sarinha.
Eles começaram a gravar e estava a ser fantástico as gravações numa piscina, quando eles fizeram uma pausa o Niall foi falar com os rapazes e depois com o realizador. De repente o Niall vem à nossa beira e diz:
- Venham lá não vou deixas as minhas novas grandes amigas fora da diversão.
Nós fomos e foi fantástico, o Zayn não parava de molhar a Sara com as pistolas de agua e de lhe dar beijos, enquanto eu e o Niall eram só abraços.
Depois da gravação fomos para casa e o Zayn e a Sara foram aproveitar e eu fiquei em casa a curtir os meus cd's e a ver umas séries na tv.
O Niall não o vi no resto do dia, e à noite e fomos jantar, mas ela estava tão cansada que ao fim de jantar foi logo dormir.
Eu recebi uma chamada e fui a correr contar à Sara que podia ficar por um mês inteirinho e depois foi ter com o Niall para lhe dar a noticia, e ele adorou. Eu estava a ir para casa quando vi o Zayn sair como quem quer esconder alguma coisa e decidi segui-lo, porque se ele andava a enganar a Sara ia ouvir e das boas.
Quando eu o estava a seguir eu quase fui assaltada e dei um grito, por sorte ele ouviu e veio ter comigo.
- Ha estas aqui estava a ver que não aparecias .- disse ele, e fomos andando, nunca pensei que fosse tão bom ver alguém.
-Mas porque é que tu me seguiste??
-Eu vi-te a sair do prédio como quem quer esconder alguma coisa e pensei que pudesses estar a trair a Sara e segui-te para ver o que andavas a fazer.
-Eu nunca trairia a Sara, mas agora vens comigo, mas tens de jurar que não vais contar nada a ninguém ouviste.
- Se não o que?
- Faço com que o plano do Nial para seres aceite numa das universidades de Londres corra muito mal. 
-Ok eu não conto, mas tens que me mostrar o que é e se eu gostar trazer-me todos os dias. Combinado?
-Combinado.
Nós fomos ate um prédio Não era velho nem novo, tinha um arque infantil no fundo e era todo rosa.
-Onde é que estamos Zayn?
-Anda e vais ver.
Quando entramos eu percebi e também dava para ver que aquilo era um orfanato.
-O que estamos a fazer aqui Zayn?
- Eu venho aqui todos os dias, estas crianças precisam de ajuda e eu quero e posso ajuda-las. Anda está na hora do jantar vem comigo.
Fomos até uma sala onde estavam monte de crianças e os funcionários do orfanato a servir a refeição.
-Olá meninos .-disse o Zayn.
-Olá Zayn. -disseram os meninos.
-Esta é a Júlia, ela e amiga da minha namorada Sara foi graças a ela que nós nos conhecemos.
-Olá Júlia -disseram os meninos.
-Meninos quem é que hoje quer fazer a oração? -perguntou o Zayn.
-Eu. Eu. -disse uma menina pequena devia ter uns 6 anos,
-Então vá lá Mafalda. -disse ele.
-Obrigada Jesus por nos dares esta refeição e por trazeres o Zayn para estar connosco e a sua amiga Júlia para se juntar a nós. Ámen.
Os meninos começaram a comer e o Zayn foi-me mostrar o resto do orfanato.
-O que se passa Júlia,porque estas a chorar?
-Ao ouvir a Mafalda eu vi que estas crianças precisam de tanto amor e de alguém que cuide delas, porque é que não disseste nada a ninguém? Por favor Zayn traz-me contigo sempre a partir de agora eu também quero ajudar nem que seja só para os entreter. E o que é que tu fazes aqui afinal?
-Calma, são muitas perguntas mas eu vou responder a todas. Eu dou aulas de musica as crianças e não disse nada a ninguém porque todos têm um sitio especial e este é o meu. E não te preocupes que eu vou trazer-te sempre.
-OMG! Zayn eu acho fabuloso o que estas a fazer por estes meninos mas estas a ser egoísta eles precisam de ajuda e se contasses aos rapazes eles podiam ajudar.
-Tu tens razão mas por agora não por favor Júlia.
-Ok mas promete que vais contar.
-Sim eu conto mas não agora, vamos ver o que precisa de mais arranjo.
-Esta sala não é usada tem de ser pintada mas não sabemos o que fazer com ela.
-Eu sei, porque não a transformamos numa sala de jogos para os mais pequenos e para os maiores. Eles poderiam usar as paredes para escrever aquilo que mais desejam.
-É uma óptima ideia. Amanhã começamos a tratar disso, agora vamos para a sala de jantar.
-Júlia...
-Sim Mafalda.
-Podias cantar-nos uma canção para dormir?
-Por mim é claro que podia mas tu tens é de perguntar ao Zayn.
-Mas eu já perguntei e ele disse que sim
-Então vamos lá.
Eu fui até ao quarto das meninas para cantar uma canção para a Mafalda dormir e reparei que faltavam cobertores e um pouco mais de cor para aqueles quartos que eram tão mortos.
Comecei a cantar e não reparei que o Zayn estava a ouvir-me cantar.
Depois das crianças adormecerem eu e o Zayn voltamos para casa e ele disse:

-Cantas muito bem, devias cantar mais vezes.
-Sim sim Zayn goza eu tenho umas ideias para o orfanato so preciso que arranjes papel de parede para os quartos as tintas e amanha começamos a trabalhar.
-Para já eu não estou a gozar ao dizer que tu cantas bem e em segundo eu arranjo tudo isso e amanha vem ter comigo à pastelaria por baixo do teu prédio.
-Ok.
Nos fomos para casa e no dia seguinte fomos tratar do orfanato. Eu estava cada vez mais a gostar daquelas crianças e especialmente da Mafalda, ela parecia uma mini Sara.
Passaram alguns dias e eu e o Niall fomos ficando cada vez mais próximos, mas não o suficiente para namorar.
A Sara começou a desconfiar das minhas saídas serem ao mesmo tempo que as do Zayn e um dia o Niall também começou a desconfiar, no dia em que em que inaugurarmos a sala de jogos e em que eu escrevi na parede que o meu desejo era ficar em Londres e namorar com o Niall.
Nesse dia eu e a Sara tínhamos ido jantar a casa dos rapazes e no fim do jantar o Zayn disse que tinha de sair e eu também e a Sara fez uma cena de ciúmes.
-Júlia tu e o Zayn andam a enganar-me, saem a mesma hora e voltam não sei a que horas, vocês andam a fazer o que juntos?
-Zayn está na altura de lhes contares, depois de amanhã eu vou embora para Portugal e não quero este clima entre mim e a Sara. -disse eu.
-Então sempre se passa alguma coisa -disse a Sara.
-Depois de amanhã disse o Niall!!
-A Júlia um dia viu-me sair do prédio como quem tem algo a esconder e segui-me porque pensava que eu e andava a trair a Sara mas eu era incapaz de o fazer. Ela quase foi assaltada, gritou e eu fui ter com ela e levei-a comigo para o local onde vou todos os dias um orfanato que eu ajudo e agora a Júlia também ajuda mas nós nunca quisemos magoar ninguém, ela apegou-se aos meninos e em especial a uma menina chamada Mafalda que ela diz ser uma mini Sara.
-Eu nunca te trairia com o Zayn Sara e tu sabes bem porque.
-Desculpa Júlia eu não devia ter feito o que fiz -disse a Sara
-Não faz mal foste levada pelo ciúme.
-Desculpa Zayn.
-Estas desculpada Sara e amanha eu vou levar-vos ao orfanato e será a festa de despedida da Júlia.
-Depois de amanhã?!
-Sim Niall se me quiseres dizer alguma coisa o momento é agora.
Mas ele não disse nada, no dia seguinte fomos ao orfanato almoçar e todos ficaram tão comovidos com as crianças quanto eu fiquei. Eu despedi-me de todos e a Sara e  a Mafalda estavam super amigas, a Mafalda sabia que eu gostava do Niall e que eu estava triste, por isso quando eu me fui embora ela foi ao pé do Niall e disse:
-Vem comigo por favor.
Eles foram a sala de jogos e a Mafalda disse:
-Este era o desejo da Júlia e só tu o podes realizar.
O Niall leu o que eu tinha escrito e percebeu que eu estava apaixonada por ele ele por mim.
O Niall depois de ler isto foi a corre para a sala e disse:
-Zayn leva-me até ao aeroporto eu tenho de encontrar a Júlia.
- Nós levamos-te. disse o Zayn e a Sara.
A única recordação que eu tinha era a foto que o Zayn tirou e só eu e o Niall e que a tinha-mos e uma foto que tiramos eu a Sara e os rapazes mais nada.
O Niall chegou ao aeroporto mas era tarde de mais eu já tinha voltado e só a Sara tinha ficado porque tinha sido aceite numa das universidades de Londres, eu estava destroçada.
Passou um ano inteiro e quase todos os dias o Niall me ligava ou mandava uma mensagem, mas a Sara e o Zayn, não ouvi mais nada.
O ano estava prestes a acabar e eu decidi voltar a candidatar-me a uma universidade em Londres e desta vez consegui entrar para a mesma onde a Sara andava.
Eu fiz as malas e pôs-me a caminho, mas quando cheguei ao apartamento que eu e a Sara tinha-mos comprado e fui até ao meu quarto percebi que tudo tinha mudado agora não era mais o meu quarto mas sim o quarto do Zayn.
Eu não podia chorar por mais vontade que tivesse apenas voltei para a sala e esperei que a Sara chegasse, enquanto isso fiquei a olhar para as fotos que tinha-mos tirado há um ano a traz.

-Júlia o que estas aqui a fazer? - perguntou a Sara quando chegou.
-Voltei porque foi aceite na mesma universidade onde tu andas e pensei que poderia voltar a morara aqui mas enganei-me.
-Desculpa, mas o Zayn e eu...
-Não precisas de explicar eu já percebi.
-Eu até te deixava ficar aqui mas vou dar uma festa e...
-Ok, eu já entendi vou-me embora e só espero que não te arrependas do que estas a fazer.
-Desculpa...
Eu fui embora e deixei cair a foto com o Niall, o único sitio que eu achei que poderia ficar era o orfanato e quando lá cheguei...
-Júlia...-era a Mafalda já mais crescida que veio a correr para mim.
-Olá princesa, estava cheia de saudades vossas.
-As coisas já não são como antes agora só o Niall vem cá e passa horas em frente ao teu desejo. -disse ela.
-Posso alar com a directora?
-Claro que sim Júlia.
Eu falei com a directora e ela deixou que eu ficasse no orfanato, depois eu fui até a sala onde deixei o meu desejo e olhar para tudo aquilo e lembrar-me de que eu já tinha sido tão feliz, mas tudo acontece por alguma razão e eu ainda não sabia qual era. Eu refiz o meu desejo e o que eu queria agora era ficar com o Niall e que tudo voltasse a ser o que era...
Eu acabei por adormecer a chorar, enquanto que na casa da Sara:
-Oi malta -disse o Niall, ele olhou para o chão e viu a nossa foto apanhou-a e disse:
-Mas o que é que isto faz aqui? Eu não largo a minha foto e só a Júlia tem uma igual mais ninguém.
-Tu tens razão a Júlia esteve aqui mas foi embora porque não podia ficar aqui e nós não sabemos para onde é que ela foi.
O Niall ficou um bocado em choque e foi-se embora, foi ter ao orfanato e a Mafalda disse que eu estava lá, ele foi ter comigo e ao invés de me ajudar só me acordou e disse:
-Não te quero aqui...
-Mas o que se passa Niall eu fui expulsa da minha casa e este  é o único sitio em que eu posso ficar.
-Podias ter vindo ter comigo, agora é tarde de mais Júlia eu não te quero aqui agora este é o meu lugar e tu não tens o direito de estar aqui.
Ao ouvir aquilo eu fiquei arrasada e dei-lhe razão fui-me embora sem saber para onde ir, eu acho que o Niall apenas ficou chateado por eu não ter ido logo que cheguei ter com ele mas não era razão para me tratar como me tratou.
Eu andei pela cidade com a mala as costas quando vi o Louis e a Eleanor, o Liam e a Danielle:
- Olá Júlia o que fazes aqui?
-Vim estudar para cá.
-O que se passa, estiveste a chorar?
-Não eu só fim dar uma volta para me lembrar da cidade outra vez.
-Ok mas se precisares de alguma coisa diz, ok?
-Sim, não se preocupem eu fico bem.
Naquele momento eu não tinha coragem de lhes contar o que se tinha passado, eu fui embora e desta vez não consegui controlar as lágrimas, chorava como tudo e de repente começa a chover e eu sem ter onde ficar, toda molhada, ia andar não sei para onde e choquei com quem... O Harry, a ele eu não consegui esconder o que se passava, eu contei-lhe tudo o que tinha acontecido, que a Sara não me deixou ficar lá em casa,  o Niall me tinha expulsado do orfanato, e que não tinha onde ficar. Ele levou-me para a casa dos Rapazes e nem me deixou dizer nada ele parecia o meu pai ou coisa assim. Ele disse para eu partilhar o quarto com ele ele ia dormir no sofá do quarto e eu na cama e mais uma vez não me deixou falar, apenas disse para eu mudar de roupa que ele já vinha para me trazer um chá.
Eu mudei de roupa e ele levou a minha e pôs a secar deu-me o chá e esteve a a falar comigo, ele disse que eu tinha de descansar e eu tentei e acabei por adormecer.
O Niall chegou a casa e o Harry falou com ele e disse:
- A Júlia está aqui em casa, antes que perguntes, foi eu que a trouxe, encontrei a há chuva a vaguear pela cidade sem saber para onde ir e a chorar como eu nunca vi ninguém chorar antes, ela está no meu quarto a descansar e agora não a vais expulsar porque eu já falei com o Louis e com o Liam e eles disseram que eu fiz muito bem em traze-la para cá agora vê o que fazes e não a magoes mais.
-Eu não sei o que me deu eu não queria magoa-la ela e a pessoa que eu amo  não deva ter feito o que fiz, obrigada Harry por tela trazido para cá. Eu vou falar com ela.
O Niall veio até ao quarto do Harry para me acordar e falar comigo, mas ao invés  de me acordar, segurou na minha mão e ficou a ver-me dormir, isto até eu acordar.
-Niall, ahm ,...
-Eu não te vou expulsar, pelo contrario eu vim pedir desculpa eu fiquei chateado por não teres vindo logo ter comigo e não era razão para eu te ter tratado daquela maneira.
Será que me podes perdoar?
- Eu podia fazer-te sofrer e dizer que para nós é tarde de mais mas eu não consigo mentir-te eu amo-te demasiado. Eu perdoo-te mas só se prometeres que não vais fazer-me sofrer outra vez.
-Eu prometo.
Naquele momento ele só olhou para mim e foi a minha vez de ter um beijo de cinema.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...