It all started in a drawing (beautiful Love Story)

Flora e Alexandre dois perfeitos desconhecidos..com vidas diferentes. Gustavo o melhor amigo de Alexandre tem um dom. Ele e desenhista, e tudo o que as vezes desenha se torna realidade. Então e se guta desenhar o amigo com uma rapariga, e dizer que e a mulher da vida dele. Alex, primeiro fica receado mas arrisca e procura essa tal rapariga por todo o lado. Ve o que acontece...;)

1Likes
2Comentários
920Views
AA

2. Um desenho para ti

No outro dia, Alexandre tinha acordado melhor, foi ate ao seu frigorifico mas não viu nada de especial. Depois pegou num sumo que tinha fora e sentou-se no sofá. Pensou na sua namorada. Ele e ela tinham acabado pois ela e demasiado ciumenta e controladora.
Tocaram a porta e Alex foi abrir.
" ei mano entra ai!" Disse ele a Gustavo
" entao vais trabalhar não vais?" Perguntou Gustavo
" claro que sim. Preciso de dinheiro para entrar no curso de culinária. Ao menos quero fazer algo que goste." Disse Alexandre indo se arranjar
" nunca te imaginei de cozinheiro. Pensei que eras mais sei lá. Futebol e essas coisas!" Disse Gustavo 
" tambem sou! Qual e o mal de goste de cozinhar. Trabalho numa pizaria, ganho experiência, pouca mas ganho e depois também ganho dinheiro."
" sabes que as inscrições encerram na próxima semana, já tens o dinheiro suficiente?" 
" falta-me o que vou receber amanha e de seguida vou logo me inscrever!" Disse Alexandre
" e aonde e esse concurso e como e mano agora quero saber!" Disse Gustavo rindo-se
" e um concurso a umas aulas com o melhor chefe do mundo. E é na Itália. O que vale e que me pagam a viagem!" Disse Alexandre se calcando
"Uau mano. E eu vou contigo. Tiro umas ferias da empresa. O informático também tem que descansar!" Disse Gustavo.

Na Itália estava flora muito ansiosa que Duda chegasse. No entanto tocou a porta e era ele.
" olá minha estrela." Disse ele beijando-a
" ola. Olha estou tão contente, tão contente. Ainda bem que me arranjas-te esta oportunidade para eu entrar numa das melhores aulas de culinária." Disse ela indo para o sofá
" eu sei que isto e importante para ti estrela e já sabes que eu pagarei o que for preciso!" Disse Duda 
" sei e sou a rapariga mais feliz deste mundo!" Disse abraçando-o
" e a tua Irma?" Disse ele se sentando No sofá
" esta na faculdade depois vai para a natação!" 
" ela já te esta a tratar melhor?" 
" nem por isso. Ela esta sempre a dizer que isto do concurso não vai passar de uma oportunidade. E que não vou conseguir!" Disse flora indo buscar um café para Duda.
" porque que ela e tão arrogante contigo?" 
" ela sempre achou que eu era a favorita dos meus pais. Ela quando descobriu que foi educada pelos meus avos e não pelos meus pais, ela foi como isso fosse um horror e não pelo contrario. Ela não quer acreditar que os nossos pais eram consumidores e que morreram disso. E por isso culpa-me a mim. De eu não a ter deixado ser criada por eles, percebes?" Disse flora dando-lhe a caneca
" mas tu fizeste com que a Isabella fosse educada pelos teus avos?" Perguntou Duda
" sim, pelo bem dela. Eu tinha 5 anos a Isabelle ainda era uma bebezinha. Eu já ouvia os meus pais s gritar, a discutir a muito tempo. Então eles mal davam valor a isa. Então eu peguei nela e levei sozinha para os meus avos paternos." Disse flora 
" e eles não descobriram que vocês tinham ido para lá?" 
" não. Nessa noite a minha mãe consumiu e o meu pai foi beber! A minha mãe morreu de overdose e o meu pai num assalto." Disse ela chorando 
" vá vá desculpa estrela. Não vamos falar disto! Vá" disse ele abraçando-a 
" sim vamos falar sobre nos. Quando e que me levas a tua casa. Quero conhecer os meus futuros sogros."disse ela limpando as lagrimas 
" pode ser já amanha. Eu amo-te muito e quero mesmo que isto corra bem." 

Num café estavam Isabelle e o seu melhor amigo Márcio.
" vamos a tua casa?" Disse Márcio
" sim. Se não estiver lá a minha querida Irma!" Disse ela ironicamente
" nunca te vi tão má gata! Mas já era para parar essa treta toda com a tua Irma!" Disse Márcio
" eu so continuo porque me da prazer. Ela não vai aguentar naquele concurso. Eu também agora quero e saber da minha vida! Amanha tenho prova de natação! Vens me ver?" Disse Isabelle
" claro gata! Sempre!" Disse ele olhando-a nos olhos 
" porque me tratas assim. Es o meu melhor amigo!" Disse ela 
" só não sou mais porque não deixas!" Disse ele rindo-se 
" bora lá! Temos muito que fazer!" 


De volta a Espanha, depois de um belo dia de trabalho, estavam Alexandre e Gustavo, num pátio sentados de baixo de uma arvore.
" foi mesmo assim mano. O Gil deu-me hoje o meu ordenado e deu-me um bónus. Isto esta tudo a favor mano!" Disse Alexandre
" hum hum"
" e depois ele ate se ofereceu a dar os livros para as aulas. Eu disse que eles e que davam né mas, ele ofereceu-se sabes para que? Para morar lá no apartamento que ele tem mano. E dele e do irmão, por isso tem 2 quartos mano não e fixe?" Disse Alexandre ainda mais contente
" hum hum!"
" ei guta, não estas a ouvir nada pois não? Estou aqui a contar sobre o que vai mudar minha vida e tu ai nos teus desenhos!" Disse Alexandre 
" nao e só isso que vai mudar a tua vida." Disse Gustavo
" o que mano?" Disse Alexandre rindo-se
" pega." Disse Gustavo dando-lhe o desenho
" que e isto?"
" es tu e uma rapariga, uma rapariga que me surgiu na cabeça. Foi de repente." 
" tas marado!" 
" Alex, estou te a dizer essa rapariga e tu vão-se encontrar e tu nunca mais vais a querer largar!" Disse Gustavo
" nao pode ser eu gosto da Sonia! Isto e muito marado meu!" Disse Alexandre
" acredita em mim, desde ontem a noite e que estou a tentar aperfeiçoar esse desenho. Não vais querer encontra-lá?" Disse Gustavo
" nao! Sei lá se esta rapariga existe ou se e só imaginação tua" disse Alexandre indo para o carro 
" tu veras que não" disse Gustavo

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...