It all started in a drawing (beautiful Love Story)

Flora e Alexandre dois perfeitos desconhecidos..com vidas diferentes. Gustavo o melhor amigo de Alexandre tem um dom. Ele e desenhista, e tudo o que as vezes desenha se torna realidade. Então e se guta desenhar o amigo com uma rapariga, e dizer que e a mulher da vida dele. Alex, primeiro fica receado mas arrisca e procura essa tal rapariga por todo o lado. Ve o que acontece...;)

1Likes
2Comentários
920Views
AA

9. Estou sempre a pensar em ti..:s

No dia seguinte estava Alexandre andado pela piscina olhando para o céu. Gustavo entra na sala e procura-o e encontra-o na piscina, vai ter com ele.
" entao meu, que fazes aqui?" 
" não consegui dormir e para isso vim para aqui, não consigo deixar de pensar nela! Não sei o que fazer!" Disse Alexandre
" sabes meu, se tu queres mesmo conquista-lá, tu deves aproveitar a oportunidade que ela te deu. Aceita as ofertas dela para ires cozinhar, estudar a casa dela! Vocês para a semana já vão estar mais juntos no curso. Iam já amigos!" Disse Gustavo se sentando
" sabes que ela parecia mesmo muito feliz com o tal rapaz. E ele também pareceu-me boa pessoa!" Disse Alexandre

No restaurante estava Carliti a visionar as mesas para então abrir ao público mais uma vez o italianni. 
"no! mette pane sull'altro lato! Sì, esattamente! ( não! põe o pão do outro lado! sim exatamente!)" disse Carliti

No entanto entra Duda e flora, de moletas, e foram ter com Carliti
" então pai! Hoje o restaurante vai abrir mais tarde?" Disse Duda
" olá Carliti!" Disse flora sorrindo
" il mio piccolo! allora? come questi? devi camminare con esso ora? ( minha pequenina! entao? como estas? tens que andar com isso agora?)" disse Carliti contente de ver flora
" sim ate daqui a dois dias! Mas está a melhorar, o pior podia ter acontecido, mas não graças a Deus!" Disse flora
"sì grazie a Dio!"
" bem pai nos vamos para o escritório, eu consegui tirar a flora de casa, para estar um pouco aqui onde ela gosta mesmo!" Disse Duda
" claro filho o italiani também é teu!"


Na faculdade, estava Isabelle e Márcio, no banco a tentar estudar. Márcio olhava para Isabelle mas ela não lhe dava muita importância.
" não é assim tão difícil!" Disse ele metendo conversa
" ah? O que?"
" a matéria, não é tão difícil!"
" aí eu sei!" Disse Isabelle
" então porque estas assim? Tens um ar cansado!" Disse Márcio
" aí Márcio! A minha irmã não me deixou dormir, pois tinha imensas dores na perna e queixava-se disto e aquilo e eu não descansei direito!" Disse ela olhando seria para ele
" ok! Calma!"
" tu as vezes enervas-me!"
" eu preocupo-me contigo! Tu sabes disso! "
" sei! Mas já disse que não vai acontecer mais nada mesmo!" 
" eu também não estou a insistir nisso! Olha esquece!" Disse Márcio pegando na caneta
" olha esquece mesmo porque eu vou indo para casa! Lá estudo melhor! Xau!" Disse ela arrumando as coisas e saindo
" teimosa!"


No gabinete do pai de Duda, Carliti, estavam flora e dudda, sentados. Flora com a perna no colo de Duda.
" ah é verdade, eu conheci o rapaz que esteve envolvido comigo no acidente! Como se chama? Ah Alexandre!" Disse flora mexendo numa caneta
" sim! Ele veio aqui perguntar por ti! Fui eu que dei a morada! E então ele é fixe?" Disse Duda
" sim é! Pediu-me muitas desculpas, mas eu disse-lhe que a culpa era dos 2! Enfim, sabes que ele vai entrar nas aulas do concurso? Que coincidência!" Disse flora se lembrando
" a serio? Bem que fixe! Já sabes se vais ficar lá a dormir?" Perguntou Duda tratando de papelada
" ah talvez, mas só nas noites em que precisar mesmo! Não quero deixar a Isabelle sozinha em casa!" Disse flora assustada. 
" sabes que ela está a crescer, tens que lhe dar espaço também!" Disse Duda indo ate ao computador.
" sim Duda, mas ela ainda só tem 16 anos!" 

Numa rua perto do restaurante, estava Alexandre andando pensativo com as mãos nos bolsos. Olhava para as montras mas estava sempre muito pensativo. Estava sempre a pensar na flora e como a conheceu, num momento mau. Mas também pensava na sua beleza. No entanto estava também a andar muito rapidamente nessa tua Isabelle. Ela então, foi contra Alexandre e deixou cair os livros. 
" ai!" Disse ela
" desculpa, desculpa estava distraído!" Disse Alexandre pegando nos livros
" não não faz mal. Desculpa eu. Eu vinha muito depressa." Disse Isabelle olhando para ele e admirando a sua beleza.
" como te chamas?" Perguntou ela
" ah desculpa! Alexandre e tu?" 
" sou a Isabelle! Prazer!" 
" lindo nome. Bem novamente Isabelle desculpa."
" não tem mal mesmo! Alexandre, queres ir tomar um café?" Disse Isabelle 
" ah bem, eu não tenho pressa, pode ser!" Disse Alexandre sorrindo

No italianni, no escritório continuavam a estar flora e Duda. Flora estava-se a queixar da perna.
" então? Esta te a doer? É melhor irmos para casa." Disse Duda
" ah? Não não! Estou farta de estar em casa! E aliás depois de amanha vou tirar isto. Quero ir para as aulas, livre disto!" Disse flora 
" sabes que o médico é que vai dizer se podes tirar ou não!"
" mas sabes? O melhor é mesmo ir! Mas deixa estar que eu apanho um taxi!" Disse flora se levantando
" achas? Eu levo-te! Assim fico mais descansado, princesa!" Disse Duda dando-lhe um beijinho na testa

Num café estavam Isabelle e Alexandre sentados.
" tu deves me achar uma estranha qualquer! Para te convidar para vir tomar um café!" Disse Isabelle pondo o açúcar
" não não, não é nada disso! Mas isto ate foi uma maneira de conhecer mais alguém aqui em Itália, e esquecer algumas coisas." Disse Alexandre
" não és de ca?" 
" não eu sou de Espanha!"
" e o que te aconteceu ao braço?" 
" foi um acidente de Mota! Mas e tu? És daqui?"
" ah, sim sou daqui! Só que não sou italiana porque sempre me habituei a falar português por causa dos meus avós! Eles são portugueses! Mas sei falar bué italiano!" Disse Isabelle
" ainda bem, que idade tens? Tens ar de novinha!" 
" ah, tenho 16. Mas estou prestes a fazer os 17. Mas já sei muito da vida. E tu?" 
Ah eu tenho 22. Tenho mais um bocado que tu!"
" mas imagina que tenho 20. Asserio a idade é só número. Eu já vivi bué!" Disse Isabelle
" ok claro. Bem eu tenho de ir."
" ah trocamos números?"
" ah pode ser porque não?" Disse Alexandre

Passado meia hora, flora já estava em casa com a sua perna estendida, a ler uma revista mas, sempre olhando para o relógio. Nisto, ela ouve a porta a abrir-se só podia ser Isabelle.
" então? Aonde andas-te? Eu liguei para o Márcio, e ele disse-me que já não estavas na faculdade nem com ele!" Disse flora preocupada
" ei ei ei! Pára ok? Eu fui dar uma volta, ok? E eu já sou crescidinha, já sei tomar bem conta de mim!" Disse Isabelle tirando o casaco
" Isabelle a serio, aonde estiveste?" 
" olha estive a conhecer um rapaz lindo! E já tenho o número dele! Nunca vi um rapaz tão lindo!" Disse Isabelle se sentando
" mas eu pensava que tu andavas com o Márcio!"
" haha, achas flora? O Márcio gosta de mim, mas eu não! Vês como não sabes tanto de mim? O jantar?" 
" olha como não vinhas, eu encomendei uma pizza!" Disse flora
" fixe, estou esfomeada"

No apartamento de Alexandre e Gustavo:
Estava Gustavo a ver televisão, a comer pipocas. No entanto Alexandre entra no apartamento,fecha a porta e atira a chaves para a mesinha.
" oh ainda bem que apareces-te meu mano, olha aqui este filme que eu reservei! É sobre miúdas, anda ver mano!" Disse Gustavo
" não quero, o meu dia não foi nada de jeito! Quero ir dormir!"
" o que? Vá lá Alexandre! Desde que conheces-te essa miúda não paras de pensar nela e reagir assim! Vá anda ver!"
" sabes hoje ate conheci uma miúda!" Disse Alexandre se sentando
" vês? Para que a flora, se podes arranjar mais!"
" Gustavo ela era uma chavala, tem 16 anos! E atirou-se a mim e ainda me pediu o número!"
" e tu?"
" eu dei-lhe, pode ser que faça mais amigos aqui! É isso que quero. E realmente não percebo uma coisa. Tu és tanto a favor que eu vá em frente com a flora."
" e continuo a ser! Mas se tu não és capaz possível para lutar por esse amor. Eu não posso fazer nada né? Vou a casa de banho!" Disse Gustavo se levantando

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...