Sombra.

Minha sombra se deita nos céus, nas trevas e no Inferno que tu não sabes existir. Minha sombra se deita...
Aqui estou viva, naqueles aléns morta viva e, todos esses profusos e profundos mundos me beijam quando sangro algo que não entendo. Deus diz: "espera e te acalma porque presto, célere, estará na Ressurreição". A Morte diz: "vem comigo porque Deus a quer na noite de mim o teu calmante". O Diabo diz: "estou aqui com tu enquanto minhas chamas te beijam o rosto pálido".
Minha sombra é mirábilis.

0Likes
0Comentários
353Views

1. Sombra.

 

Minha sombra se deita nos céus, nas trevas e no Inferno que tu não sabes existir. Minha sombra se deita...
Aqui estou viva, naqueles aléns morta viva e, todos esses profusos e profundos mundos me beijam quando sangro algo que não entendo. Deus diz: "espera e te acalma porque presto, célere, estará na Ressurreição". A Morte diz: "vem comigo porque Deus a quer na noite de mim o teu calmante". O Diabo diz: "estou aqui com tu enquanto minhas chamas te beijam o rosto pálido".
Minha sombra é mirábilis.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...