The Lost JEWEl

Diz-se que o amor e para sempre. Mas o amor de David e Sara vai ter muitos obstáculos a ultrapassar. Descobrir que raptaram a filha e mentiram ao dizer que tinha morrido no parto, deixa qualquer casal chocado, magoado. Será que vão David e Sara achar a sua jóia perdida....Matilde. Leiam por favor :D

1Likes
5Comentários
1796Views
AA

14. Was almost caught

No dia seguinte, o inspector estava em minha casa. Estava lá também tomas e Lolita.
" bem, agora sim já podemos arrancar com as buscas! Só preciso de fazer umas perguntas! Quando e que viram a Sara pela ultima vez?" Perguntou inspector
" ah eu e o tomas, vimos - la na faculdade." Disse Lolita
" eu via no pequeno almoço, eu e a minha mulher." Disse meu pai
" aliás! Inspetor eu via-a mais tarde, ela tinha subido para o quarto! Eu e o meu marido!" Disse minha mãe 
" bem eu fui ter com ela inspetor antes de dormir! Ah fui desejar-lhe boas noites, começamos a discutir e ela disse-me que eu não teria mais problemas com ela. Agora já faz sentido!" Disse nina
" muito bem! Existe alguma razão de ela ter saído de casa?" Disse o inspetor
" não claro que não inspetor!" Disse logo o meu pai olhando em volta
" bem, já dei ordens para procurarem à volta destas zonas! A Sara tinha lugares onde gostasse muito de ir?" Disse o inspetor
" ah que eu saiba não inspetor!" Disse minha mãe
" ok, por agora é tudo! Se precisar de mais alguma coisa eu contacto-vos!" 
" muito obrigada! Inspetor Marcelo, ah se não se importar não fale muito por aí!" Disse meu pai
"Não se preocupe" 

No nosso esconderijo.
David já estava acordado, estava a olhar para mim. Já tinha ido buscar algumas coisas que me mimasse.
"Hum! Que bom acordar assim a olhar para ti!" Disse eu sorrindo e lhe dando um beijo
" olha o que te trouxe!" Disse ele
" uvas? Compota?" Disse eu contente
" sim. Sei que a menina do palácio não pode deixar logo de comer modernizes!" Disse David rindo-se
" eu posso perfeitamente comer outras coisas! Eu não sou nenhuma princesa! Isto deve ter sido muito caro! Não devias gastar assim tanto dinheiro!" Disse eu comendo
" eu faço isto porque quero que vocês fiquem bem, que se alimentem bem! Não quero o meu filho nem a minha princesa magrinhos!" Disse ele
" ok, olha como e que compras estas coisas, a nani já deve estar a por o pessoal também a tua procura!" Disse eu curiosa
" descansa, esta loja para além de ter tudo, de ser longe um bocado de ninguém a conhecer é de um grande amigo meu! E ele sabe que estou escondido mas que não diz nada a ninguém, já lhe paguei muitos favores!" Disse David roubando um pão e pondo compota
" ah, ok!" Disse eu comendo ainda mais
" ah olha hoje vou ver se consigo pescar alguma coisa! O meu pai ensinou-me! E posso dizer que sei e que me vou desenrascar! Pois vocês precisam de ferro! E o peixe tem muito!" Disse David
" mas tem cuidado por favor! E vai para longe para ninguém te ver!" Disse eu preocupada 
" claro linda. E tu ficas bem?" Disse ele me beijando
" fico! Vou tratar de ligar à Lolita! A arranjar uma consulta numa clínica longe daqui!" Disse eu
" amo-te!" Disse ele
"Também te amo!" Disse eu dando-lhe um beijo

Em casa de David, já tudo sabia. Nani Telmo pais adotivos de David estavam aterrorizados! Nani estava farta de chorar. Telmo já tinha contado que a filha do seu patrão tinha desaparecido. 
" entao Edgar? Não encontraram nada?" Perguntou Telmo a um grupo de amigos também a viverem naquela casas juntas
" não Telmo! Nada! Estamos é cansados! Mas mais tarde continuamos!" Disse Edgar 
" claro!"
Telmo foi ter com nani.
" devíamos ter pessoal da polícia a tratar deste caso mulher!" Disse ele
" não nem penses! Não quero que o teu patrão, o homem que nos tirou tudo saiba que o nosso filho e a filha dele estão juntos!" Disse nani 
" como tens tanta certeza que o David esta com a menina sara?" Disse Telmo
" ele roubou-me homem! O pior e que deixou uma carta a dizer isso mesmo!" Disse nani
" as crianças estão devastadas! Elas adoram-no! Espero que ele volte! "Disse o Pai de David
" eu espero isso! E também espero que o doutor bacelar, não venha a saber que ele fugiu com a filha. Senão não sei o que vai ser de nos!" Disse nani

Eu estava sentada numa pedra admirando a vista. Estava tão desanimada que decidi que não poderia fazer mal ir ate à praia onde eu costumava ir com os meus amigos! Então foi vestir um casaco e pus o capuz e lá foi. Andai 20 minutos mas valeu a pena só de sentir aquele cheiro diferente. Sentei-me lá e fiquei a olhar para o mar 10 minutos.

Minha irmã nina e o noivo Lourenço estavam a chegar à praia.
" ainda bem que paramos! Este ar traz-me recordações enquanto era pequena. Eu e a Sara temos alguma diferença de idades. Mas quando vinha-nos para aqui, era como se fossemos iguais!" Disse nina
De repente eu olhei e vi-os, então escondi- me logo por detrás de uma pedra gigante que por sorte estava ao meu lado.
" ela vai aparecer, amor! Tens que ter fé! A tua irmã no fundo adora-te! Vá não gosto de ver a minha noiva de cabeça em baixo! Vamos comer um gelado como tu gostas?" Disse Lourenço
" sim vamos!" Disse nina

E então lá foram, eu sai logo e foi logo para o esconderijo. Andei tão depressa que quando cheguei estava David preocupado comigo
" Sara onde te metes-te?" 
" aí! Eu...eu fui, à praia de lá! E...e vi a minha irmã! E quase era apanhado!" Disse eu sem folgo quase
" tu estas maluca e se ela te visse?" Disse Rodrigo
" apeteceu-me! Desculpa!" Disse eu
" vá anda cá! Calma! Bebe um bocado de agua!" Disse David

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...