The Lost JEWEl

Diz-se que o amor e para sempre. Mas o amor de David e Sara vai ter muitos obstáculos a ultrapassar. Descobrir que raptaram a filha e mentiram ao dizer que tinha morrido no parto, deixa qualquer casal chocado, magoado. Será que vão David e Sara achar a sua jóia perdida....Matilde. Leiam por favor :D

1Likes
5Comentários
1760Views
AA

19. my father dismisses David's father :(

O meu pai estava nervoso, chegou a casa atirou a mala de trabalho para o sofá. 
" está tudo bem? Sr. Doutor?" Disse Marília preocupada
" está tudo mal, faz-me um chá, já imediatamente!" Disse ele berrando
" sim senhor!"
Nina e minha mãe desceram as escadas assustadas com os berros que meu pai estava a dar.
" então Francisco? O que se passou? Soube de mais alguma coisa?" Perguntou minha mãe
" preferia não ter sabido!" Disse meu pai indo buscar whisky
" mas, o que soube pai?" Perguntou nina
" o filho da sua irmã....o filho da sua irmã é do filho do Telmo! O David! Sabe que é não sabe?" Perguntou meu pai à minha mãe olhando seriamente para ela
" mas esse? Mas ele trabalha na fabrica!" Disse minha mãe se sentando
" a sério? Então quer dizer que a Sara se apaixonou indo à fabrica! Teve um lado bom pelo que ela me disse!" Disse nina sorrindo
" lado bom, onde vê o lado bom? Querida? Esse rapaz não tem onde cair morto! Ele e um trabalhador na minha fabrica!" 
" e então pai? O amor não se escolhe olhe eu e o Lourenço!" Disse nina
" filha o Lourenço é médico! E um médico conhecido!" 
" à então a Sara não pode namorar com o David pois ele não é conhecido ou rico é isso? Olhe sabem eu vou é ter com o Lourenço não estou para isto! E ainda por cima a mãe não diz nada! Sinceramente!" Disse nina saindo e batendo com a porta
" já viu? A Sara devia ter levado umas valentes palmadas em pequena! Aqueles marginais estão no nosso caminho outra vez? Mas não vou deixar!" Disse meu pai enervado
" o que vai fazer? Você já tirou tudo o que era deles!" Disse minha mãe nervosa
" já mas não é o suficiente! Eles aproveitaram-se de mim? Agora sou eu! Eu não tive a culpa de eles terem perdido tudo e apostarem em mim! Agora só têm aquela casa pois naquele tempo ainda mereciam alguma coisa mas, agora...isto vai mudar! E quando diz que tirei o que era deles? Não se esqueça que você é tão eu!" Disse meu pai subindo as escadas


No nosso esconderijo:
" hoje a chuva esta muito forte, não achas? Ate parece que o tempo está triste de nos ver assim!" Disse eu deitada sobre ele
" assim? Se calhar está com ciúmes por não estar no meu lugar, abraçado a ti!" Disse David beijando a minha testa
" se calhar! Amanha tenho consulta vou saber se é menino ou menina! Se deixar! Vens comigo?" Disse eu olhando para David
" que pergunta claro! Eu nunca te vou deixar sozinha!" 
" já pensas-te se for menino ou menina? E os nome!?"
" olha eu gostava que se fosse menino, podia ser março, Mateus, Rodrigo, Francisco. Ah e Leonardo?" Disse David interessado
" sim podia também gosto, e se for menina?"
" sei lá? Aí podia ser Carolina, Diana" 
" Matilde! Eu adoro o nome Matilde e foi esse que veio mesmo agora a cabeça! Que achas?" Perguntei 
" acho lindo, tal como acho o teu! Amo-te muito!" Disse ele me beijando

Na fabrica estava tudo a correr normalmente como sempre. Trabalhadores para um lado e trabalhadores para outro, um horror. 
Meu pai tinha chegado e virou-se para um trabalhador e atirou a mala
" tu, chama-me o Telmo, imediatamente!"
" mas o Telmo está a limpar as máquinas!" 
" se eu peço para chamar é porque quero ele aqui e já! Agora ouviu!?" Disse meu pai entrando no gabinete
Meu pai pega no telefone do gabinete e liga ao inspetor.
" sim, sou eu! Eu quero que análise melhor o desaparecimento da minha filha! Com a maior discrição, quero que aumente os locais para procurar! Obrigada com linsença!" Desligou meu pai
" com linsença, sr Francisco! Quer falar comigo?" Disse Telmo entrando
" Telmo Telmo! Entre sente-se! Bem Telmo eu tenho reparado que o seu filho David não é? Não tem vindo já algum tempo!"
"Ah o meu filho, ele ah tem estado doente!" Disse Telmo nervoso
" já me disseste isso à semana a trás! Eu já sei de tudo!" Disse meu pai começando a ficar mais nervoso
" o teu filho engravidou a minha filha! E agora não se sabe onde estão!
" o my filho apaixonou-se pela tua filha!"
" ah agora já me tratas por tu? Não adianta estas despedido! O teu filho vai se arrepender! E a vossa casa..."
" a nossa casa! Isso é o que temos! Tu já tiras-te tudo! A nossa casa não tens direito!" Disse Telmo
" isso depende! Se o teu filho não aparecer com a minha filha nos próximos dias, eu tiro a casa, e ainda digo que a vossa família esta metida no rapto!" Disse meu pai olhando seriamente para a cara dele
" como é possível ainda desceres assim tão baixo! O meu filho é igual a todos!"
" sim, mas não igual a nos! Agora sai e sai desta fabrica e de todas!" 
" com todo o prazer!"

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...