Deep Words

O verao e sempre bom. Mas para a vida de Carolyn este foi o que lhe mudou a vida. Carolyn conhece um rapaz este Verao e como e o seu primeiro amor nao pensa e quando da por si esta gravida. Quando volta para casa tudo e diferente ate que conhece rodrigo(harry styles) e a sua vida voltara ao normal?

4Likes
9Comentários
2703Views
AA

20. Going out

Depois de um bocadinho na praia com Carolyn, Rodrigo volta a casa. Abre a porta e Miguel ainda estava na sala a ver desenhos animados.
" ei puto. Então? Olha trouxe-te rebuçados. De morango." Disse ele sentando-se abeira do irmão
"Obrigada mano" disse Miguel dando abraço
" a mãe ainda esta a descansar?" Perguntou Rodrigo
" ta lá em cima mas eu já fui lá dar um beijinho e ela estava acordada." 
" ok eu vou lá. Vá não comas todos ah?" 

Rodrigo subiu e abriu devagarinho o quarto da mãe. 
Sentou-se abeira dela
" então filho? Foste a praia foi?" Disse se sentando na cama
" fui. Encontrei lá a Carolyn e...estive a tentar mas não consegui. Ela não acredita mesmo em mim. Ao menos desabafei tudo. Ela faz-me bem." Disse ele indo ate a janela
" filho preciso de falar contigo, em relação a hoje e o que aconteceu com o teu pai"
" sim"
" ah..como e que eu hei-de de te dizer isto? " disse a mãe
" diz mãe. Pelo inicio"
" ei fui despedida Rodrigo! E quando cheguei a casa pensei em contar ao teu pai mas ele já tinha bebido e o resto já sabes!" Disse a mãe
" o que? Mas foste despedida? E agora?"
" sim eles estavam a despedir pessoas e eu fui uma das escolhidas"
" e agora? Que vamos fazer?" Disse Rodrigo
" ah senta-te meu amor. Ah, eu estive a pensar e acho que vou ligar para a avo e vamos voltar para Portugal! Eu posso fazer a transferencia da escola do Miguelito para uma de lá. Tu também tens uma lá uma, mas isso já e contigo filho. Tu já es maior de idade e se quiseres ficar. Fica" disse ela
" nao mãe não. Ja não tenho nada que me prenda aqui. Eu vou com vocês!" Disse ele
" nem a Carolyn?" 
" ela não acredita que não fui eu que fiz aquilo se calhar e mesmo destino."
Rodrigo abraçou a mãe.

Na casa dos Quinn. Entrou Carolyn muito pensativa.
" oi bee então estas bem?" Disse Bryan
" oi Carolyn" disse Courtney 
" oi. Ah Courtney posso falar com contigo um momento?" 
" claro"

Carolyn e Courtney foram ate ao quarto de Carolyn. 
"Tens aqui um quarto muito giro!" Disse Courtney
" obrigada. Ah Courtney o que achas desta historia do panfleto que o Rodrigo fez" 
" ah eu? Bem não. Ah acho que ele foi muito Chunga a fazer isso!" Disse ela
" pois. Mas ele diz que não teve nada haver com isso!" Disse Carolyn
" ah bem olha não sei. Vamos acho que o teu irmão chamou!" 
" sim sim vamos. E melhor mesmo!"

E lá foram ate a sala. Lancharam, e Carolyn foi para o quarto. Carolyn pensava que era uma hipótese a Courtney ter feito aquilo. Mas ela pensava e porque? 
Carolyn não queria dizer nada ao irmão pois não o queria magoar.

Depois do fim de semana Carolyn conseguiu voltar a ir a escola.
sabrine abeira dela.
" ei então? Estou orgulhosa por teres vindo!" Disse sabrine
" é não posso deixar que o que pensem e dizem de mim me afecte" disse Carolyn
" e isso mesmo amiga, e nos tambem vamos te ajudar. Eu e o teu irmão nao vamos deixar que te aconteça nada aqui!" Disse Sabrine
" ah eu preciso de falar um assunto contigo!" 
" ok vamos ate ao jardim!"

Sabrine e Carolyn chegaram ao jardim e sentaram-se no seu costume lugar
" entao o que se passa?" Disse Sabrine pondo a sua mala encarnada no banco
" ah eu no sábado encontrei o Rodrigo. Ele estava desesperado!" Disse Carolyn
" o rodr? Carolyn muda de onda. Tu viste o que ele te fez?" Disse sabrine
" sim mas.... À uma coisa que me esta a deixar confusa! Eu à tempos tive uma conversa com a minha Irma e... A verdade e que ele não era o único que sabia." Disse Carolyn irando o cabelo da frente
" não?"
" nao. A Courtney sobe no dia em que ele também soube!" 
" será que não foi ela? Sei lá! Mas depois vem a historia do panfleto. A Courtney não tinha motivos para fazer alguma coisa assim ao Rodrigo" disse Carolyn pensando
" espera tu estas me a dizer que a Courtney sabia?" Perguntou sabrine se levantando
" sim"
" ja estou a ver a historia toda! Ela não tinha motivos para fazer isto mas quem da família dela e que podia ter?" Disse sabrine
" a chaenne!" Disse Carolyn
" aquela cadela! Claro a Courtney disse este trunfo para ela usar e fazer com que tu chateasses com o Rodrigo!" Disse sabrine
" eu não acredito. Então ele estava a falar a serio!"
" calma ainda não temos provas mas tenho a certeza que foi isso!" Disse Sabrine


No campo de fut. estava Rodrigo a atirar pedras para o chão triste e pensando.
De longe vinha beto.
" então meu?" Disse ele
" então?"
" mano já vi o que se passou entre ti e a betinha porque não me contas-te" disse beto 
" nao sei. Não sei o que pensar. Tu irias gozar." Disse Rodrigo
" mano. E certo que não começamos da melhor maneira com ela mas podias-me ter dito e eu apoiava-te claro mano. Somos irmãos de coração!" Disse beto
" brigada, mas não valeu nada. Houve essa confissão ai com o panfleto e sei lá dizem que fui eu."
" tao todos marados. Tu não fazias uma cena dessas."
" sabes não quero saber. Beto eu tenho uma cena para te contar" disse Rodrigo
" diz amigo!" 
" eu vou voltar para Portugal com a minha mãe e o meu irmão. Pus para fora de casa finalmente o meu pai e a minha mar foi despedida. Vamos para a minha avo!" Disse Rodrigo 
" o que? A serio? Que cena mano! E agora o que vou fazer sem ti mano?" 
" tu aguentas. Eu também estou farto de estar nesta escola e ninguém me curte." Disse Rodrigo
" curtem sim."
" bem mas adiante."
" quando vais?" Pergunta beto
" amanha de tarde em principio. Eu mal chegue lá vou arranjar um trabalho não quero saber de escola nenhuma. Posso ser jogador de futebol noutra vida" disse Rodrigo
" tu e que sabes!"
" bem agora vou falar com uma pessoa. A ultima, ela não precisa mais de olhar para a minha cara!" 
" a betinha"
" sim"

Rodrigo foi procurar Carolyn pela a EC. Encontrou-a perto do lago do jardim.
" ei" disse ele
" ei"
" ah preciso de te dizer uma coisa" 
" o que?" Disse ela não olhando directamente para ele
" eu vou-me embora! Vou...voltar para o meu pais Portugal. Com esta cena dos meus pais a minha mãe foi despedida da fabrica e vamos para a minha avo." Disse ele
Carolyn paralisou a ouvir Rodrigo
" eu só te vim contar pois tu queres tanto me ver pelas costas e eu vou te dar esse prazer. Quando souberes que não fui eu ai vais sentir aquilo que senti!" Disse ele indo-se embora
" espera! Eu...eu acredito em ti. Acredito!" Disse ela agarrado no braço

Rodrigo e Carolyn beijaram-se e abraçaram-se.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...