Little Things

E seus sonhos se realizassem, mas, nem tudo é perfeito. Essa é a Historia de duas melhors amigas que estão tentando realizar seus sonhos. Sera que tudo vai ser perfeito como elas pensaram que iria ser?

0Likes
1Comentários
398Views
AA

5. Bad

POV’s Fernanda

-Niall aonde você esta me levando? –Eu estava vendada e não tinha ideia de onde eu estava Niall estava pegando minha mão direita e me direcionando ao caminho que eu deveria ir.

-Agora eu vou tirar a venda e você pode abrir os olhos ok? –Disse ele desamarrando a venda. –Pronto, pode abrir. -Era um lugar perfeito, tinha flores um chafariz, arvores, bancos e não tinha ninguém. –Então, gostou?

-Niall, eu nem sei oque dizer. É simplesmente perfeito. –Eu disse olhando em seus olhos. –Mas, por que você me trouxe aqui?

-Bom, aqui é meu lugar preferido, e quase ninguém vem aqui já que é meio longe da cidade. Eu te trouxe aqui Fernanda porque eu quero falar com você. –E dai eu já fiquei preocupada, mas eu acho que Niall não iria me trazer nesse lugar lindo para me xingar ou brigar comigo, né?

-Pode falar Niall. –Eu disse enquanto sentava no chão.

-Bom você sabe que somos quase irmãos né? –Infelizmente, pensei. –Mas...

-Mas...  –Eu disse fazendo gestos com as mãos para ele seguir falando.

-Mas oque eu sinto é muito mais forte para gente ser só “irmãos”. Sabe, desde o dia que você me ajudou com os cacos de vidro. –Pausa para nós dois darmos risada. –eu te achei linda, perfeita para ser só minha, e de mais ninguém, mas você sabe eu sou meio tímido e nunca tive coragem de dizer alguma coisa para você, e também eu tinha medo de você não sentir a mesma coisa por mim, a verdade Fernanda a simples verdade é que eu quero ser muito mais do que seu melhor amigo. –Tá bom, para o mundo que eu quero descer, quer dizer não quero não, quero ficar aqui, mas o Niall acabou de se declarar para mim? É isso mesmo galera? Eu fiquei extasiada, olhando para o Niall e pensando em um monte de coisas para falar, mas abrindo e fechando a boca porque não saia nada dali de dentro.

-Niall eu... Eu não sei oque dizer, porque você é muito especial para mim, e esse seu sentimento e reciproco. –Então Niall veio e me deu um selinho.

-Aceita namorar comigo Fernanda? –Disse Niall passando a mão direita em minha bochecha.

-Claro Niall! –O abracei e nos beijamos, é, Niall que ontem era meu melhor amigo e hoje é meu namorado, a vida da voltas.

-Pera ai que meu celular esta tocando. –Disse Niall pegando seu celular no bolço de traz da sua calça. –Oi Louis...Sim, se a Fernanda topar a gente vai... ok tchau.

-Louis? –Perguntei me levantando.

-Sim, nos convidou para ir a um pub, vamos? –Perguntou Niall vindo me abraçar.

 -Há eu acho que não, vamos ir para o meu apartamento e ficar só nós dois, pode ser? –Perguntei fazendo carinha de anjo.

-Claro amor. –Respondeu Niall me dando um beijo.

POV’s Andressa.

-Tá bom então Niall, abraço cara. Gente a Fernanda e o Niall não vão ir, eles preferem ficar aqui no apartamento... –Disse Louis em um tom malicioso.

-Vish vou ter sobrinhos cedo, há meu deus. –Eu disse entrando na brincadeira do Louis. –Então minha gente só vão os casais hoje?

-Só... E vai ter mais um casal. –Disse Louis.

-Quem? –Harry e eu perguntamos juntos.

-Zayn e uma tal de Laura. –Disse Louis com uma voz estranha. –Então vamos indo?

-Já chamaram o taxi? –Perguntou Harry.

-Curly, hoje não tem taxi vamos no meu carro novo. –Respondeu Louis fazendo uma pose de rico.

-Nem virou famoso ainda e já tá se achando eu mereço deus? –Eu disse levantando as mãos para o céu. Chegamos lá e encontramos Zayn e uma menina com uma mini saia, uma mini blusa e eu te garanto que tinha um mini mini mini cérebro, se é que ela tinha um...

-Oi novo casal. –Disse Louis. –Bom Zayn, essa é Eleanor minha namorada. -Els muito simpática abraçou Zayn e abraçou a tal de Laura. Harry deu oi para os dois e eu nem dei bola.

-Els vamos comigo ao bar pegar algumas bebidas.

-Claro Dessa. –Fomos até o bar, fizemos nossos pedidos e ficamos esperando.

-Você viu que menina vulgar Andressa? Onde Zayn arranjou aquela vadia? –Perguntou Eleanor, primeira vez no dia que eu a vi falar um “palavrão”.

-Olha eu não faço ideia, mas nem dou bola para isso. -Eu disse pegando a minha bebida e a de Harry e ela pegando a dela e a do Louis.

-Só sei que ele é muita areia para a carroça dela... –Ficamos dando risada até a mesa.

-Qual é a piada meninas? –Perguntou Louis.

-Estávamos lembrando algumas carroças que a gente viu na rua... –Disse Eleanor, então nós duas caímos na gargalhada, e todos sem entender bulhufas... Nossa minha avó falava isso, refazendo a frase, e todos sem entender NADA. –Não é mesmo Dessa?

-Claro, carroças com muita areia. –Começamos a rir mais ainda. Paramos com as nossas piadinhas que só nós duas entendíamos, e convidamos nossos namorados para dançar. Eu e Harry mais nos beijávamos do que dançávamos, mas isso não vem em conta. Sentamos de novo, e Zayn estava quase engolindo a menina, quer dizer, beijando ela. Louis “tossiu” e eles pararam, eu fui pegar mais uma bebida para mim e para Harry.

-Então, gostou da minha “namorada”? –Me viro e encontro Zayn.

-Desculpa, mas eu não tenho que gostar da sua namorada, não tenho nada a ver com a sua vida amorosa. –Eu disse me levantando para ir embora com as bebidas.

-Você tem tudo a ver com a minha vida amorosa Andressa, e você sabe disso. –Disse ele parando na minha frente.

-Primeiro eu encontro você quase engolindo aquela menina vulgar, e agora você vem com esse papinho de “vida amorosa”, vai se catar Zayn e me poupa dessa sua conversinha pra boi dormir. –Eu disse o empurrando. Fui até a mesa me sentei ao lado do Harry e o dei um beijo, um beijo bom, um beijo apaixonado. Ele me olhou confuso.

-Te amo Harry.

-Eu também pequena, você quer ir embora? –Ele perguntou.

-Claro. Estou cansada. –Eu disse me levantando. –Tchau pessoal à gente já vai indo. -Dei um beijo em Louis e em Eleanor e virei às costas para o casal 21, idiotas. Já Harry, deu tchau para todo mundo, até para aquela vadia, que disse alguma coisa no ouvido dele e entregou um papel. –Oi, eu vou me apresentar de novo. Eu sou Andressa e esse daqui. –Apontei para o Harry. –É meu namorado, e esse daqui. –Eu disse apontando para Zayn. –É o seu querida, então cuida do seu namorado que eu cuido do meu pode ser? –Eu disse sínica.

-Mas eu posso cuidar do seu namorado muito melhor do que você. –Ultima gota d’água. Cheguei bem perto do ouvido dela e sussurrei.

-Sabe em quem que o seu namoradinho falso pensa enquanto ele beija você? –Perguntei e ela negou, ainda sussurrando eu disse. –Em mim. –Olhei para seu rosto e sorri cinicamente, peguei na mão de Harry e sai andando.

-Oque você falou para ela? Ela esta saindo dali com muita raiva Andressa. –Disse Harry correndo e parando na minha frente.

-Só disse a verdade amor, vamos. E dorme no meu apartamento hoje? –Eu disse o abraçando pela nuca. –Sabe tá frio, e dormir sozinha não é bom. –Eu disse sorrindo e lhe dando um selinho.

-Durmo sim pequena, antes a gente passa no meu apartamento porque eu já quero pegar algumas coisas para deixar lá no seu apartamento, ok? –Ele perguntou e eu assenti, pegamos um taxi e pedimos para ele esperar lá embaixo, Harry pegou tudo oque precisava e fomos para o meu apartamento.

Bom, os meses foram se passando, e faltavam três dias para eu começar minha primeira tour, com alguns covers, até eu começar a escrever minhas musicas, os meninos e Fernanda entraram em tour a 2 dias atrás...

-Então Harry, como vão indo às coisas? –Perguntei para Harry que estava indo para NY

-Está tudo bem, estamos ansiosos para esse show né pequena, e você tudo bem?

-Há já estou com saudade, mas agora eu começo a fazer alguns shows e me distraio com isso. Te amo Harrold.

-Eu também te amo pequena. Mas eu vou ter que desligar agora, beijo me deseje sorte, e boa sorte nos seus shows minha linda. –Harry queria me fazer chorar só acho...

-Tá bom meu Curly, boa sorte para você e para os meninos... E para Nanda claro. Se cuida Harry, tchau.

-Tchau pequena. –Então eu só ouvi o tututu do telefone. Fui tomar um banho e ir dormir.

-Para o aeroporto. –Eu disse para o senhor que dirigia o taxi, eu ainda não conhecia minha banda, então eu os encontraria em uma cidade que eu não sei o nome.  Mas eu sei que tinha um menino chamado Gustavo na bateria, só isso também, há e o resto é só menina, garanto que ele é Gay... 4 horas de viajem depois eu estava pegando minhas malas, já que dali começaria nossa tour, me viro e vejo um menino com uma placa escrita com meu nome.

-Oi eu sou a Andressa e você? –Disse falando com um menino moreno, lindo posso dizer, acho que ele era parente do Zayn, tinha um topete e tudo.

-Eu sou Gustavo baterista da sua banda. –Meu queixo caiu agora eu já digo que ele com certeza não é gay, fiquei apreciando sua beleza, mas me lembrei que tinha um namorado tão lindo quanto ele e balancei minha cabeça negativamente para espantar aqueles pensamentos que eu nem quero comentar aqui.

-Ok então né, vamos? –Eu disse enquanto ia caminhando até a saída.

-Claro. –Disse ele correndo para me alcançar e pegou minha mala.

 –Brigado, estava pesada mesmo. –Eu disse sorrindo.

-De nada, eu estou de carro é aquele ali. –Ele disse apontando para uma Land Rover, como é? Espera produção. Ele nem era famoso e tinha uma LAND ROVER?????

-Uma Land Rover? Você ganhou na mega sena ou alguma coisa assim? –Perguntei.

-Não. –Ele disse sorrindo. –Minha mãe é advogada e meu pai doutor então... –Há já entendi, filhinho de papai, pensei comigo mesmo. –Por mim eu tinha ganhado uma bateria nova, mas meu primo vai me dar uma quando ele for famoso, ele mesmo me prometeu.

-Sei... E você decidiu participar da minha banda?

-Simon já me conhecia, e eu modestamente falando, mando muito bem na bateria, então ele me ligou e perguntou se eu queria fazer parte da banda da mais nova ganhadora do TXF. –Disse ele sorrindo e abrindo o porta malas para por minhas malas, não Andressa pra botar você ali dentro.

-Interessante. –Eu disse indiferente. –Quem é esse seu primo? –Perguntei.

-Há você o conhece, o Zayn Malik... –SABIA QUE ERA PARENTE DAQUELE TOPETUDO NOJENTO, tomara que o Gustavo não seja que nem ele.

-Bem que eu te achei parecido com ele, tomara que não seja parecido em tudo... –Cochichei a ultima parte.

-Me desculpe não ouvi. –Ele disse.

-Nada não. –Sorri. –Então, você conhece o resto da banda?

-Sim, as meninas são bem legais, e tocam bem também. E pelo que eu vi na final do TXF você é ótima cantando.

-Brigado, a gente tem que ensaiar não é? Temos que ver os covers que a gente vai tocar e essas coisas. Onde que a gente ensaia? –Perguntei curiosa.

-Bom, não sei, acho que pode ser no lugar onde nós vamos tocar amanha a noite, quando nós formos passar o som, começamos a ensaiar, oque acha? –Perguntou ele parando no sinal vermelho.

-Acho ótimo, mas então, como é nome das meninas? Estou curiosa para ver elas.

-Camila, Roberta e Julia. –Disse ele já estacionando.

-2 anos depois-

-Então, é hoje que a gente se apresenta no The X Factor? –Perguntou Camila.

-Isso, o produtor me ligou dizendo que vai ter um reencontro de alguns participantes, os que marcaram mais sabe? –Respondeu Gustavo.

-Legal... –Comentei. Bom, eu e Harry não estamos mais namorando, quando ele estava em Atlanta ele encontrou uma tal de Caroline e resolveu me trocar por ela, lembrando que ela é 15 anos mais velha que ele... Fernanda está cantando junto comigo, ela ficou possessa com essa historia do Harry e se mandou de lá, ela e Niall continuam namorando, e eu estou namorando o Gustavo, que é bem diferente de Zayn... Eu que já tenho meus 20 aninhos, estou completando dois anos de carreira amanha. Eu continuo mantendo um certo contato com os meninos, exceto com Harry e com Zayn.

-Então, vamos para casa? Estou cansada. –Perguntei para Gustavo e para Fernanda.

-Vamos. –Os dois responderam juntos.

-Amanha nós temos que está lá que horas amor? –Perguntei a Gustavo.

-Umas 10h pequena. –Sim ele me chamava de pequena, nada contra, mas me lembrava de Harry.

-Ok. Passagem de som? –Eu perguntei enquanto abria a porta do meu carro.

-Isso, e também para gente conversar com o pessoal...

-Vamos Andressa acorda!!! Olha eu faço isso há dois anos e já estou me sentindo sua mãe. –Ouvi Fernanda resmungar. –Vou pegar agua gelada Andressa, e você sabe que eu faço mesmo, já fiz uma vez e não e me arrependo se fizer outra.

-ACORDEI DESGRAÇA! –Gritei me levantando e indo até o banheiro. Eu e Fernanda compramos uma casa, digamos que nossa vida financeira está muito boa. –E o Gustavo?

-Está lá em cima. –Respondeu apontando para a escada. Assenti e subi Gustavo que esta acabando de se vestir virou-se para mim e me deu um beijo. –Bom dia flor do dia.

-Flor Andressa, tá loca? –Disse ele debochando. –Olha que eu termino com você se me chamar de flor novamente.

-Há é? Estou brava com você flor. -Eu disse sorrindo.

-Do que você me chamou? –Disse ele se aproximando. –Repita.

-FLOR! –Gritei e sai correndo, desci as escadas e me espremi no sofá, ele que com toda a certeza é mais forte que eu, conseguiu esticar meus braços e começar a me fazer cocegas na barriga.

-Diga que eu sou o homem mais forte do mundo. –Eu não conseguia falar nada. Fernanda que é muito minha amiga, sentiram a ironia? Ficou só olhando e gargalhando do meu sofrimento. –Diga.

-Vo... –Ele parou de me fazer cocegas para eu conseguir falar. –Você é o homem mais fl... Forte do mundo. –Então ele me deu um selinho e saiu de cima me de mim.

-Então, vamos tomar café? –Perguntou ele como se nada tivesse acontecido.

Enquanto a gente estava na van indo para o Studio gravar o The X Factor, só ouvíamos gritos das fãs, elas batiam nas janelas, gritavam, cantavam, e eu simplesmente amava.

-Chegamos. –Disse nosso produtor Zack, descemos da van tiramos algumas fotos, e entramos. 

-Oi pessoal. –Eu disse para as pessoas que se encontravam ali. Então começou aquela gritaria novamente.

-Eles chegaram. –Disse Fernanda saltitante.

-Eles quem?... –E quando eu olho para a porta, eram eles, Harry, Liam, Louis, Niall e o topetudo nojento. E eles estavam mais lindos do que nunca.

-NIALL! –Ouvi Nanda gritar e sair correndo para os braços do seu namorado. Eu fiquei parada olhando eles que estavam tão diferentes e tão iguais ao mesmo tempo. Só vi quando fui envolvida pelos braços de Louis, correspondi o apertando bastante, estava com bastante saudade admito.

-Dessa. –Disse ele ainda me abraçando. –Que saudades.

-A nem falo nada se não eu choro. –Respondi quase chorando, é eu ainda amava eles, oque eu posso fazer, eles são meus irmãos, estavam comigo em todos os momentos. –LIAM! –Eu disse correndo para abraçar Liam, que me girou no ar. –Que saudades meu Daddy.

-Eu também estava Dessa. –Disse ele me abraçando forte, Oque? Fazia dois anos que a gente não se via não nos julgue. –Acho que outras pessoas merecem um abraço desses também, não? –Disse ele ainda cochichando no meu ouvido. Fui abraçar Zayn, sim. Zayn, e o abracei com vontade, com saudade, saudade de brigar com ele e saudade de ouvir suas cantadas baratas.

-E então, desculpa? –Perguntou ele olhando nos meus olhos, ele estava tão diferente, não sei explicar.

-Desculpas aceitas e quero saber se você aceita as minhas desculpas também? –Perguntei.

-Claro anjo, claro que eu aceito. –Disse ele me abraçando novamente. –Você sabe que eu te amo, não sabe? –Voltando às origens. –Mas eu acho que Harry merece desculpas também.

Olhei para Harry que estava abraçando Fernanda, fui até ele e o abracei, mas não era a mesma coisa sabe? Sinto que eu fui enganada por uma pessoa que eu amava muito, mas eu ainda o amava, não do mesmo jeito, como irmãos, como no inicio.

-Então, irmãos novamente, ou alguma magoa? –Ele perguntou cochichando.

-Irmãos. Como no inicio? Promete cuidar de mim como você cuidava Harry? –Perguntei olhando em seus olhos.

-Prometo pequena. –Disse ele me abraçando mais forte dessa vez.

Decidimos ir para a nossa casa, e convidamos os meninos, claro. Zayn tinha machucado o tornozelo esquerdo, pois quando foi descer as escadas ele tropeçou e o torceu nada grave, a gente enfaixou e ele não consegue andar direito.

-Então vamos ir comer em algum lugar? –Perguntou Niall, que estava abraçado em Fernanda, eu já estava quase vomitando.

-Huum não sei se você lembra Niall, mas o Zayn esta com o tornozelo machucado. –Respondeu Liam dando um tapa na cabeça de Niall.

-Putz cara, tinha me esquecido.

 -Vocês podem ir gente, eu fico aqui vendo um filme. –Respondeu Zayn gentilmente.

-Eu fico com ele. –Respondi.

-Eu posso ficar Andressa. –Propôs Nanda.

-Não, você tem que ficar com o seu namorado, eu fico. Agora vão, tchau. –Eu disse empurrando todos para fora e fechando a porta. –Então Zayn, comece a prestar atenção nas escadas de hoje em diante. -Brinquei sentando do seu lado e botando sua perna em cima das minhas e procurando um filme.

-É, acho que aprendi uma lição. –Respondeu ele sério.

-Que lição?

-Que as escadas podem das rasteiras em pessoas famosas.

-NOSSA nem se achou a ultima bolacha do pacote né Zayn? –Disse dando um tapa em sua coxa.

-Tá você vai botar em um filme ou não?

-Não. –Ele ameaçou pegar o controle e eu troquei de canal procurando um filme novamente. –Tá eu procuro. –Achei um filme de terror, começamos a ver, Zayn que tinha trocado posição agora sua cabeça em meu colo e a sua perna repousada em uma almofada, estava quase dormindo. –Olha Zayn, eu não posso te levar para cima no meu colo, mas posso te ajudar. Vem você vai ficar no meu quarto. –Disse pegando em sua mão e o ajudando a subir as escadas, com um pouco de dificuldade conseguimos.

-Você vai ficar aqui comigo né Dessa? –Perguntou ele segurando minha mão.

-Se você quiser. –Eu disse.

-Quero, quero muito. –Fui ao banheiro botei meu pijama e deitei-me ao seu lado, comecei a passar a mão em seu cabelo. –Então, como esta se sentindo?

-Muito bem, ao seu lado tudo fica bem pequena. –TA ERA UMA PERSEGUIÇÃO, TODOS OS MENINOS DO MUNDO ME CHAMAVAM DE PEQUENA AGORA DEUS? –Sabe Andressa, eu nunca deixei de pensar em você um segundo se quer nesses dois anos.

-Achei que você me odiasse... E achei que você estava namorando. –Eu disse.

-Te odiar Andressa? Você tá louca? Eu sempre te amei só que eu tinha que manter isso dentro de mim, eu sempre fui o “bad boy” da banda, não poderia bancar o apaixonado, mas olha eu aqui, me declarando para você, de novo, já que da primeira vez você não levou a sério espero que agora você entenda. Eu te amo Andressa, como nunca amei uma menina. –Disse ele se virando e ficando a poucos centímetros do meu rosto, eu que ainda passava minha mão em seus cabelos fiquei olhando para seu olhos, lindo olhos posso dizer, ele que passava seu polegar em minha bochecha também olhava no fundo dos meus olhos, é nessa hora eu esqueci de tudo, de todos, e só me concentrei naquele momento, nos seus olhos, na sua boca, no seu queixo, em seu rosto inteiro, e então, eu o beijei, o beijei com uma mistura de sentimentos, saudade, amor, paixão, vontade. Eu verdadeiramente amava Zayn Malik o bad boy da banda. –Nunca pensei que você iria me beijar.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...