Irresistible

”Until I met you, I could not imagine going through life with one person. Now I can not imagine going a day without you.”

”Até conhecer você, não me imaginava passando a vida com uma única pessoa. Agora não consigo imaginar passando um dia sem você.”

17Likes
9Comentários
6844Views
AA

4. Capítulo 4

  No dia seguinte, acordei cedo, umas sete horas da manhã, quando eu estava terminando de me arrumar pra ir para a escola de inglês, Sam me chega com a maior cara lavada.

- Oi, Elen. O que você está fazendo acordada essa hora? – Sam disse entrando no quarto.

- vou estudar, tenho aula, na verdade você também tem né? Mas diga-me, por que você está chegando a essa hora? – eu perguntei olhando pra ela. – OMG! Você dormiu com Zayn? – eu coloquei a mão na boca.

- dormi, amiga. Dormi na mesma cama, compartilhamos o mesmo cobertor, mas não aconteceu nada. – Sam disse sentando-se na cama.

- sério? Me conta isso direito! – eu sentei ao lado dela.

- fomos para o cinema, vimos um filme bem legal aí chegando ao apartamento dele, ele comprou pizza. Comemos, e assistimos outro filme, e eu acabei dormindo no ombro dele. Tivemos um tempo pra conversar e tal. Quando eu acordei, eu estava no sofá, e ele lavando uns copos na cozinha. Eu fui pra cozinha, aí ele colocou a mão na minha cintura e disse, com essas palavras: ‘’durma aqui essa noite, já está muito tarde. ’’ Aí eu obviamente aceitei. Fomos deitar umas três horas da manhã. Eu fui dormir olhando para os olhos dele. Foi como um sonho! – Sam me contava com um sorriso no rosto e olhos brilhando.

- uau! Que coisa mais linda!

- aham! Uma das partes mais lindas que vi, foi ele com o pano de prato no ombro, tipo, homem de casa, muito fofo!

- por que você não tirou foto? Queria ter visto! – eu reclamei rindo.

- se desse! Mas e aí, como foi seu encontro com Harry?

- foi legal. Ele me beijou, depois eu me afastei, falei que gostava do Niall, ele falou que Niall também gostava de mim, aí depois cheguei aqui e Niall me telefonou e hoje à noite vou sair com ele. – eu disse me levantando e pegando minha bolsa.

- entendi merda nenhuma. – Sam fez cara de desentendida.

- depois eu te explico, estou atrasada, beijos. – eu saí do quarto. Fui para a aula de inglês, na aula Niall me mandou uma SMS escrito: ‘’I can’t wait to see ya today. I’ll be honest, I’m a little bit anxious. Good morning, by the way’’. Eu respondi. Na escola havia muitos alunos de toda parte do mundo. Tinha brasileiros, venezuelanos, indianos, japoneses, franceses, mas eu fiz amizade com um rapaz italiano. Ele era tão legal, e me ajudou na aula quando eu estava perdida, seu nome era Luca.

  Saindo da aula, já eram três horas da tarde, eu estava andando na rua indo para o hotel, quando duas meninas me pararam.

- Oi! Seu nome é Elen, não é? – a ruiva me perguntou. Tinha uma ruiva e outra morena.

- Sim. Como vocês sabem? – eu perguntei tirando meus fones de ouvido.

- somos Directioners e vimos suas fotos com Niall e os meninos noite retrasada. – a morena respondeu.

- ah sim! Prazer em conhecê-las. – eu sorri.

- o prazer é todo nosso. Mas você pode tirar uma foto com a gente? – a morena falou de novo.

- claro!

- okay, deixa eu tirar de você com ela, e depois eu tiro contigo. – a ruiva disse. Tiramos as fotos, elas disseram ‘obrigada’. E fizeram algumas perguntas.

- você está namorando o Harry ou o Niall? Porque ontem vimos algumas fotos de você saindo com Harry do hotel, e outro dia vimos fotos suas com Niall no pub. – a morena disse.

- ontem eu saí com Harry sim, mas somos só amigos, nos conhecemos a muito pouco tempo. – eu respondi, eu estava segurando uma bolsa no ombro direito.

- e vocês se conheceram quando? – a ruiva perguntou.

- anteontem em um restaurante, mas sou Directioner igual a vocês! Ainda surto demais por tudo isso! – eu ri.

- sério? Oh my God! – as duas disseram!

- sim. ‘’oh my God’’ foi a primeira coisa que eu disse depois de tudo isso. – eu ri. Olhei para o relógio e já era um pouco tarde. – meninas, tenho que ir para o hotel, estou atrasada já. Mandem tweets qualquer hora, okay? – eu disse dando beijo na bochecha delas. Eu continuei andando, e olhei pra trás, as duas estavam ‘’surtando’’ como se eu fosse alguém pra valer a pena conhecer. Foi engraçado de ver. Cheguei ao hotel, me arrumei. Coloquei uma calça jeans, tênis all star, camisa quadriculada roxa, olhos destacados e apenas um gloss. Cabelos soltos e só. Eu estava mais nervosa do que quando eu fui me encontrar com Harry. Eu estava tomando um copo d’água de frente pra janela quando Niall me telefonou.

- Oi, El. – Niall disse. Que fofo ele me chamando pelo apelido!

- Oi, Niall. Já chegou? – eu perguntei.

- sim, e você está linda! – Niall disse.

- como você sabe? – eu fiquei curiosa.

- estou te vendo pela janela. – Niall sorriu. A janela estava completamente aberta, e o meu quarto era no segundo andar de frente para rua e eu realmente não tinha reparado nele. Eu sorri pra ele pela janela.

- estou descendo. – eu disse e depois desliguei o telefone. Coloquei o celular e o cartão do quarto no bolso e fui! Sam não estava no quarto, deveria estar repondo a aula. Saí do hotel, e lá estava ele, com uma calça saruel bege e uma blusa preta de gola polo, com um tênis modelo iate. Ele sorriu.

- Oi. – eu dei um beijo na bochecha dele.

- Oi, você está cheirosa. – Niall disse com a mão direita na minha cintura.

- obrigada, você também. Amei seu perfume. – eu sorri.

- obrigado. – ele sorriu. Bem, isso é pra você. – ele tirou uma rosa branca de trás dele. Ele estava a escondendo.

- nossa! Que linda! Muito obrigada. – eu adorei. Era só uma rosa, mas o significado daquilo valia mais do que um milhão de euros pra mim. Ele sorriu, aquele sorriso ilumina meu mundo como ninguém mais.

- eu acho que mereço um beijo. – ele brincou e sorriu de lado. Eu sorri e dei-lhe um beijo no canto da boca. Ele apenas sorriu. – agora sim, vamos então. – ele abriu a porta do taxi pra mim. E fomos para o apartamento dele. Chegando lá, ele me mostrou o apartamento, o qual era lindo demais, super a cara dele. Nos sentamos no sofá, eu tirei o tênis e coloquei meus pés pra cima. Conversamos sobre tudo, sobre nossos hobbies, e nós éramos parecidos. Ele ama filmes de terror, ele é muito caseiro, e um pouco bagunceiro. Eu sou mais arrumadinha e organizada, mas eu amo limpar, sem brincadeira, sou tipo a Monica de Friends. E quando eu disse que meu maior ‘’hobby’’ era cozinhar, pude ver o brilho em seus olhos.

- sério? Você sabe cozinhar mesmo? – Niall perguntou sorrindo.

- sim. Enquanto eu estiver aqui em Londres, vou fazer um curso de gastronomia também.

- que maneiro! E eu nem perguntei, você vai ficar aqui até quando? – Niall olhou pra mim mexendo na minha mão.

- até Agosto. – eu respondi mexendo em sua mão também.

- poxa, tão pouco tempo. – ele falou em um tom triste.

- É... Mas é melhor não pensar no que ainda não aconteceu né? – eu sorri.

- verdade... Então, quando você vai começar a cozinhar pra mim? – Niall brincou e cruzou os braços.

- eu? Eu nem sabia que eu ia cozinhar pra você. – eu ri.

- você vai! – ele riu. – vamos até a cozinha. – Niall se levantou do sofá me puxando, e segurou em minha mão. Fomos até lá, eu abri os armários e não tinha praticamente nada!

- como você sobrevive aqui? – eu perguntei olhando para um dos armários vazios.

- ih é! Esqueci que a comida tinha acabado. – Niall riu colocando a mão direita na cabeça. Ele estava encostado no balcão onde tinha o fogão embutido.

- bem, cozinhar o vento é meio impossível. – eu e ele rimos.

- vamos ao supermercado. – ele sugeriu.

- okay, mas alguém pode nos ver, não?

- e o que tem de mal nisso? Você é minha menina, cedo ou tarde eles iriam ver isso. – Niall disse saindo da cozinha logo atrás de mim. De boa, sinceramente, namoral... Eu estava a ponto de explodir! Iria sair arco íris por todos os buracos do meu corpo! (não pensem merda). Estava tudo acontecendo tão rápido. Como pode isso? Eu só tinha visto ele uma vez e ele disse que eu sou a menina dele? Fiquei desconfiada um pouco. Eu calcei o tênis e fomos ao mercado. Foi muito legal fazer compras com ele. Ele só colocava salgadinhos, biscoitos, refrigerantes e energéticos dentro da cesta. Eu coloquei algumas frutas e sucos. Comprei macarrão, molho branco de quatro queijos, arroz e orégano para o jantar. Dentro do mercado havia uma mulher nos seguindo, e ela estava com uma câmera na mão. Era impressionante como essas pessoas seguiam os meninos. Niall sabia que a mulher estava tirando fotos da gente, e ele começou a fazer ‘’charme’’ pra câmera. Ficou me abraçando toda hora e quando saímos do mercado, ele pegou na minha mão e andamos de mãos dadas. Eu já podia ver os tweets das Directioners pra mim: ‘’você é uma bitch! Um dia com Harry e outro com Niall. Volta para o ‘’bordel’’ sua bitch!’’ #abafa Voltando ao apê do Niall, fui para a cozinha e ele foi me ajudar.

- o que você vai cozinhar? – Niall disse olhando para cada movimento meu.

- macarrão. – eu disse acendendo o fogo.

- hum... Sabe fazer macarrão.

- ah, para! Qualquer criança sabe fazer macarrão. – eu ri.

- eu não sei, quer dizer, eu sei, mas não fica muito bom. – Niall riu um pouco envergonhado.

- então você é um ET. – nós rimos muito. – quer que eu te ensine?

- sim, por favor. – Niall chegou mais perto.

- então, deixe o macarrão na água quente até ele ficar mole, depois você escorre. Se você quiser molho normal, pega o molho pronto de tomate corta uma cebola e tudo pronto! Se quiser o molho branco, é só compr... O que foi? – eu estava explicando quando eu olhei pra cara dele.

- nada, é que você é muito linda, tão doce, e inteligente... – ele disse olhando pra mim.

- ah, deixa de ser bobo. – eu sorri com vergonha.

- e eu adoro quando você fica assim, rosadinha. – Niall se aproxima, coloca a mão na minha cintura e me puxa pra perto. Estávamos colados, nariz com nariz. Ele colocou a mão direita no meu pescoço, eu estava com as mãos em volta de sua nuca, e segurando um pano em uma delas. Ele estava olhando pra minha boca, ele tinha tocados seus lábios nos meus. E sim, nos beijamos. Eu reagi dessa vez, seu beijo era tão bom. Não teve língua, foi algo simples, porém ótimo! Estávamos encostados no balcão.

- estou sentindo algo quente... – eu disse sussurrando no intervalo do beijo.

- será que sou eu? – Niall brincou.

- não, é sério. – eu olhei pra baixo. – holy shit! Minha blusa está queimando.  – quando eu olhei, minha blusa estava pegando fogo, eu tentei apagar com o pano que estava em minha mão, mas não tive tanto sucesso.

- Shit shit shit! – Niall correu, encheu uma jarra com água e jogou na minha cintura, que era a parte que estava sendo queimada. Ele conseguiu apagar o fogo. – você se queimou? – Niall perguntou olhando pra mim bem preocupado.

- não, estou bem. – eu disse rindo.

- WOW! Que radical, hein. – ele riu colocando a jarra em cima da pia.

- demais! – desliguei o fogão, terminei de fazer o macarrão e o molho. Eu e Niall estávamos sentados no sofá assistindo filme e comendo com o cobertor em cima da gente, estava frio, e ele tinha me emprestado uma camisa porque a minha além de queimada estava molhada, era uma camisa de moletom bem quentinha. Eu estava sentada de lado encostada no braço do sofá e com as pernas em cima de Niall. Ele estava sentado de frente com os pés em cima da mesa de centro.

- ficou muito gostoso! – Niall disse de boca cheia.

- obrigada. – eu disse rindo. Eu tinha acabado de comer e coloquei o prato em cima da mesa de centro. Niall fez o mesmo. Ele estava mexendo na minha perna enquanto assistíamos ao filme, ele começou a mexer nos meus pés, eu estava de meia.

- ai, não mexa aí, eu sinto cócegas. – eu disse rindo para o Niall.

- ah, sente? – Niall fez uma cara de criança levada e começou a fazer muitas cócegas. Eu tirei o pé de cima dele, e ele começou a fazer cócegas na minha cintura.

- ah para! Não faz isso... – eu me rebatia no sofá pra ele parar, eu estava rindo demais.

- vou acabar com você! – ele dizia rindo e fazendo cócegas. Teve um momento que ele ficou por cima de mim no sofá. Ele de pernas abertas e eu entre elas, ele ficou com os braços apoiados, ele estava olhando diretamente pra mim. Naquele minuto, eu pude ver em seus olhos, o quão especial e mágico Niall era. Ele me hipnotizava. Ele me beijou, ardentemente. Agora o beijo foi mais profundo, ele mordia meu lábio inferior e eu passava a mão em seu cabelo, eu o baguncei todo. Ele passou a mão na minha coxa, e apertou. Eu não conhecia esse lado de Niall. Eu apertava sua nuca e seus ombros, e seu beijo ia melhorando a cada segundo, eu ficava sem ar. Nos desequilibramos e caímos no chão. Fiquei por cima dele, com os cabelos caídos. Estávamos rindo daquela queda. Ele estava com a mão esquerda na minha cintura, e a direita tirando o cabelo do meu rosto. Eu abaixei e dei mais um beijo. Depois do beijo ele riu pra mim. Nos levantamos e voltamos a assistir o filme. Foi a noite mais linda da minha vida! Eu saí do apartamento dele era umas três horas da manhã, ele me levou ao hotel. Ele pediu para o taxista esperar, e me levou até a porta. Ele ficou encostado no corrimão da escada, tinha apenas quatro degraus. Ele me puxou pra perto e me beijou.

- foi a melhor noite que eu já tive. – Niall disse olhando para os meus olhos bem de perto.

- eu também. Podíamos repetir. – eu disse mexendo na gola de sua camisa.

- claro! Com certeza! – ele disse me dando mais um selinho.

- okay, tenho que ir. Tenho que acordar cedo para ir estudar. – eu me afastei. – boa noite, e me mande uma mensagem quando você sentir minha falta. – eu sorri e entrei no hotel. Eu estava com a camisa dele, e o cheiro dele estava em mim, era ótimo. Subi para o quarto, e Niall já tinha entrado no táxi novamente. O apê dele era próximo do meu hotel. Joguei minha camisa molhada em qualquer lugar, Sam já estava dormindo. Tirei meu tênis, fui até o banheiro retirar minha make-up. Foi quando meu celular vibrou: ‘’Eu acabei de chegar em casa e senti o seu cheiro no meu cobertor. Okay, eu já estou sentindo sua falta. Boa noite. Love, Nialler.’’ Meus olhos brilharam. Eu não conseguia parar de sorrir.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...