Irresistible

”Until I met you, I could not imagine going through life with one person. Now I can not imagine going a day without you.”

”Até conhecer você, não me imaginava passando a vida com uma única pessoa. Agora não consigo imaginar passando um dia sem você.”

17Likes
9Comentários
6849Views
AA

2. Capítulo 2

  London baby! Chegamos 1:30 pm. Estava frio, até demais. Depois do aeroporto tivemos que ir pra um hotel, pois nos falaram que nossa casa ainda não estava pronta. Tivemos que ficar no hotel por duas semanas. Era um ótimo quarto. Na primeira noite em Londres, jantamos no restaurante do hotel. Estávamos muito cansadas, e deixamos pra curtir mais no dia seguinte. Eu estava sentada na mesa com Samanta, apenas conversando sobre a cidade e os ‘’pivetes’’ (1D). Eu chequei  os tweets deles, Harry e Zayn estavam em Londres e Niall estava no avião pra Londres, ele tinha e tem um apê em Londres.

- mano! Os pivetes estão aqui! – eu disse largando meu BlackBerry na mesa e olhando pra Samanta.

- qual deles? Todos? – Samanta quase se engasgou com o suco.

- Harry e Zayn! Niall está no avião vindo pra cá. – eu estava tendo um momento de ‘’fangirling’’.

- ai meu Deus! Vou sair na rua procurando esses moleques! O que a gente está fazendo aqui? – Samanta estava surtando.

- a gente não pode sair! Não conhecemos nada, e ainda mais a noite. Amanha de noite a gente vai à caça.

- mas se for tarde demais?

- tarde por quê? Amanha é melhor. – nós nos conformamos em esperar o dia seguinte.

  No dia seguinte, eu e Samanta acordamos super animadas, nos arrumamos e saímos. Não poderíamos ir muito longe, se não a gente ia se perder. Thank God nosso hotel era bem no centro de Londres, o nome era Hotel Novotel London City South. Fomos aos museus, a Tower Bridge, compramos roupas de frio (estávamos realmente precisando), entre outras coisas. Niall já estava em Londres, e eu estava louca! Pensei logo ‘’OMG! Estou respirando o mesmo ar que ele!’’ Parece louco, mas toda Directioner pensaria assim. Acho que se Niall soltar um pum fedorento, nós, Directioners falamos: ‘’oh my Carrots! Estou sentindo o cheiro do pum de Niall Horan!’’ #FAIL. Já era noite, eu e Samanta fomos a um restaurante italiano bem lindo, moderninho, tinha uma musica bem relaxante, o nome era Jamie’s Italian. Eu acessei o Twitter pra ver se tinha alguém ‘’stalkiando’’ os meninos, mas incrivelmente NINGUÉM sabia do paradeiro deles. Eu estava ficando nervosa já. Minhas unhas estavam quase indo para o brejo. O restaurante era enorme, e chegou certa hora que tinha karaokê, um homem lindo havia cantado uma música do Ed Sheeran. Eu adorei! Aí, sem eu saber, a minha ‘’amada’’ amiga Samanta tinha colocado meu nome na lista para cantar no karaokê. (--‘) Eu quase matei aquela garota ali mesmo! Subi no ‘’palquinho’’ querendo enfiar minha cabeça no chão. Já que eu estava ali, e não tinha como eu pagar mais mico, resolvi arriscar meu francês. Please, não me chamem de nerd ou cérebro, pelo fato de eu saber falar inglês e francês, muitos ‘’amigos’’ meus me zoavam no colégio, me chamando de cérebro e tal. Minha família é francesa, minha avó é francesa, ela veio para o Brasil para se casar com o meu avô, que era francês também, mas eles fugiram para o Brasil porque eles iriam se casar escondido. Aí desde pequena, o francês está no meu sangue, o inglês eu que gosto mesmo. Assim como a família de Samanta é espanhola, mas no caso dela, o pai dela é espanhol. Ela foi para o Brasil com três anos de idade. ANYWAY, escolhi cantar ‘’L’amour’’ de Carla Bruni. Até que não estava indo tão mal, eu não estava reparando em nada nas pessoas, mas Samanta viu quem tinha chegado. Tinham chegado três rapazes no bar do restaurante, adivinha quem eram? Harry, Zayn e Niall! Samanta estava inquieta tentando me avisar de alguma forma. Niall estava olhando muito pra mim, segundo Samanta. Ele estava como ‘’staring at me’’. Acabei de cantar, e o ‘’apresentador’’ veio até mim, Niall tinha se sentado no banco do bar.

- nossa! Você foi ótima! Cantou com o francês perfeito pra uma menina tão nova, quantos anos você tem? – o apresentador perguntou.

- obrigada... Eu não vou dizer minha idade, nunca pergunte isso a uma mulher, amigo. Fica a dica! – eu ri fazendo alguns rirem também. Eu estava descendo do ‘’palquinho’’ quando dei de cara com Niall, ele falou comigo.

- Oi, você pode cantar uma musica comigo? – Ele perguntou sorrindo. Ai que sorriso lindo!

- Oi... Bem, se eu conhecer a musica, claro! – estava havendo um terremoto dentro de mim naquela hora. Meu estomago estava tremendo, meu cérebro surtando e meus ovários explodindo. Subi de novo no ‘’palco’’, mas agora, junto de Niall James Horan! (O-M-G). Ele escolheu ‘’Hate That I Love You’’ de Rihanna e Ne-Yo. Ele perguntou se eu conhecia, e eu disse que sim apenas acenando com a cabeça. Nossa, ele não podia escolher uma musica ‘’pior’’ não? Mano, como eu ia cantar aquilo olhando para aqueles olhos lindos? Se vocês tivessem uma pequena noção de como eu fiquei, vocês estariam arrancando seus cabelos! Começamos a cantar, estávamos um do lado do outro. Ele estava cantando e tinha segundos que ele olhava pra mim. Harry e Zayn arranjaram uma mesa bem do lado da minha, Samanta estava a ponto de ter um ataque do coração. E eu, ah... Eu não tinha mais ovários, nem mesmo sentia minhas pernas! #dramática. Na parte que eu iria cantar ‘’and I hate that I love you, sooooo....’’ Niall parou de cantar e ficou olhando pra mim, eu sorri, e ele sorriu de volta. Eu queria MESMO saber o que se passava na mente dele. Foi realmente uma coisa de another world. Depois da musica, o pessoal aplaudiu de pé, e eu fiquei tipo ‘’oh loco meu, what the hell eu estou fazendo aqui? Essas palmas são para o Nialler!’’. Depois de alguns segundos, ele falou no meu ouvido: ‘’você foi perfeitamente perfeita!’’. Três letras definem: P Q P! Eu fiquei arrepiada até nos cabelos! E revidei, falei no ouvido dele ‘’obrigada...’’ WAIT! Eu só disse isso? Sim, deu uma vontade de pegar o microfone e enfiar na minha cara depois. Ele perguntou:

- Qual é o seu nome?

- Elen, mas pode me chamar de El. – eu sorri e ele sorriu também.

- Eu sou Niall. Você canta em algum lugar? Porque você é incrível!

- Nossa, obrigada, mas não. Na verdade, essa é a primeira vez que eu canto pra mais de uma pessoa. – eu ri. Como ele poderia dizer aquilo? Ele realmente sabia quem ele mesmo era? Parei!

- Sério? Como você pode guardar esse talento! – ele disse com feição de espanto.

- Ah, nem é pra tanto... – eu fiz um pouco de charme. – É melhor a gente descer, estamos em cima do palco ainda, né. – eu sorri.

- É verdade! Estou tão familiarizado com o palco, que nem percebo mais. – ele riu descendo do palco.

- É... Eu sei.

- Sabe?

- É... – eu pensei ‘’ai não, se eu contar que sou Directioner, vai melhorar ou piorar a situation?’’

- Você me conhece, né? – Niall perguntou bebendo um copo de água que ele tinha pegado do garçom.

- Conheço, na verdade eu conheço bem. – Na boa, deu uma vontade de dizer ‘’CLARO, FILHO! Você é o Niall do One Direction, quem não te conhece?’’

- Directioner? – Niall sorriu.

- Sim. – Eu fiquei meio sem graça.

- Que bom. Bonus. – Ele riu. - Mas é super raro eu ver uma fã que não me peça autografo ou peça pra tirar foto.

- Entendo, mas eu acabei de cantar contigo, do que mais eu preciso? – Nós rimos.

- Verdade... Quer se sentar comigo na mesa?

- Tudo bem, mas eu estou com minha amiga.

- Sem problemas, a chame também. – Niall disse.

  Obviamente chamei Samanta, e ela estava quase explodindo querendo surtar ali naquele momento, mas ela teve que guardar os gritos pra outra hora. Estávamos todos na mesa, Samanta estava num papo muito legal com Zayn, tudo que ela queria, e eu estava conversando com Niall e Harry. Oh God, eu não precisava de mais nada!

- Então você não é inglesa, né? – Harry perguntou.

- Não, sou brasileira. Vim pra Inglaterra pra fazer intercambio.

- Legal! E vocês estão ficando aonde? – Niall perguntou depois de dar uma garfada na comida.

- Eu e Samanta estamos no Novetel London City South, depois vamos para o nosso próprio lugar, o pessoal da empresa ainda está organizando. Eles fizeram algumas obras.

- Entendi, e você tem quantos anos? – Niall perguntou de novo.

- Tenho 18. Bem nova. – Eu sorri, e Nialler sorriu também.

- Wow! Tão nova e sabe falar inglês e francês? – Harry comentou.

- É que minha família é francesa, então, desde pequena tenho essa influência. E inglês eu sempre gostei.

- Que menina inteligente. – Niall sorriu.

- Ah, obrigada. – eu rosei.

- E você, não me parece inglesa, é brasileira como sua amiga, certo? – Zayn perguntou para Samanta.

- Na verdade, não. – ela sorriu. – Sou espanhola, mas fui morar no Brasil quando eu tinha três anos. Mas às vezes vou passar as férias na Espanha com minha família.

- Entendi. Nunca conheci nenhuma espanhola. E confesso que não sei nada em espanhol, talvez apenas um ‘’te amo’’. – Zayn brincou.

- Imaginei. Quando você precisar de ajuda, já tem uma professora particular garantida. – Samanta brincou.

- Opa! Pode deixar! – Zayn riu.

  Samanta estava conversando bastante com Zayn, achei impressionante o quão solta ela conseguiu ficar, ela é do tipo ‘’guardada e conservadora’’. Foi lindo aquele momento.

- Bem, a gente podia ir para o White Hart. – Harry sugeriu.

- O que é isso? – eu perguntei um pouco sem graça.

- É um pub muito conhecido por aqui, é bem legal e lá podemos conversar mais a vontade. – Niall disse olhando pra mim.

- Seria legal, então vamos. – Eu e Samanta respondemos. E lá fomos nós para o tal ‘’White Hart’’. Harry pediu para que nosso taxi seguisse seu carro, e ele pagaria a corrida. Eles entraram no carro de Harry e foram. Chegando lá, eles não puderam nos esperar porque tinha muita gente, eu paguei a corrida, eu não gosto que homens fiquem pagando as coisas pra mim. Entrei no pub junto de Samanta, primeira vez em um pub londrino, era legal. Eu e ela paramos por um momento.

- Ai Elen, Zayn é tão fofo e atencioso. Ele é muito sincero, eu estou adorando isso! – Samanta disse de frente pra mim.

- Imagino! E dê graças por ele estar solteiro. Até mês passado ele estava com Perrie ainda. – eu ri.

 - Eu sei. Deus realmente sabe o que faz.

  Ficamos ali paradas por uns cinco minutos, Niall chegou por trás de mim:

- Hey! Estava procurando por vocês. – Niall disse com a mão esquerda na minha cintura.

- E a gente por você! – eu sorri.

- O taxista está lá fora? – Niall perguntou colocando a mão no bolso.

- Não, eu já paguei, e ele foi embora.

- Por quê? Eu ia pagar.

- Ah, não precisava.

- Hum, na próxima vez, deixa que eu pago.

- Okay. – eu estava pensando ‘’WAIIIIT! VAI TER PROXIMA VEZ?’’. Niall nos levou até a mesa onde eles já estavam. Samanta sentou-se ao lado de Zayn, pois ambos não sabiam dançar. Não sabiam mesmo! Harry estava dando uma volta pelo pub, e Niall tinha me chamado pra dançar.

- Ai, por que você fez isso... – eu falei com um pouco de vergonha.

- Isso o que? – Niall perguntou pegando em minhas mãos e colocando-as em volta de seu pescoço.

- Me chamar pra dançar. Tenho vergonha. – eu sorri.

- Que fofo! Você ficou vermelha. – Niall foi exatamente FOFOLETE naquela hora. Eu estava quase vomitando arco íris.

- Eu devo estar mesmo. – eu ri e encostei minha cabeça no ombro dele. Estava tocando uma musica bem lenta. Niall estava com suas mãos em minha cintura. Ele ficava perguntando as coisas ao pé do meu ouvido.

- Então, você tem namorado? – Niall sussurrou em meu ouvido. Eu na verdade não tinha, mas fiquei pensando no que o irmão de Samanta tinha me dito antes de partir. Fui sincera, e respondi:

 - Não. – eu levantei a cabeça e respondi olhando para seus olhos azuis.

- Desde quando está solteira? – Niall subiu a mão direita até minhas costas.

- Desde sempre. – Eu sorri.

- Isso é bom. – Ele riu

- Na verdade eu nun... Esquece! – eu por um momento travei em terminar a frase. Eu, pela primeira vez estava com vergonha do que ia dizer.

- O que? Termine. – Niall ficou curioso.

- Não, deixa pra lá. – eu tentei mudar de assunto.

- Não, agora me diga. Nunca comece algo que você não possa terminar.

- Ai meu Deus... É que... Eu... – eu pensei ‘’ÊH! Grande merda você fez hein, Elen!’’

- Você está parecendo o Harry falando. – Niall fez uma piadinha pra descontrair.

- Me senti como ele por um segundo. – eu ri.

- Não tente fugir, me diga...

- É que eu nunca beijei ninguém. Não sei por que isso veio na minha cabeça logo agora. – eu queria realmente sair correndo dali e me atirar no primeiro carro que eu visse na rua. #dramaqueen

- Como assim? Nunca? – Niall ficou surpreso.

- Nunca. Não pense que sou estranha, mas é...

- Estranha? Me desculpe, mas isso não é ser estranha, e sim, linda! É raro ver uma menina se guardar assim. Acho maravilhoso. – Niall passou a mão esquerda em minha bochecha. E de repente, meu coração parecia que ia sair pulando pelo pub.

- É... Obrigada. – eu sorri e ele me abraçou. A música lenta e gloriosa tinha acabado. Niall pegou na minha mão e me levou até a mesa. Harry, Zayn e Samanta estavam lá. Eu estava no meio de Niall e Harry, ao lado de Harry estava Samanta e depois Zayn. Niall já estava começando a beber, Zayn tinha tomado só algumas cervejas, e Harry só tomava Red Bull, pois ele estava dirigindo naquela noite. Estávamos conversando, todos juntos. Rimos demais. Zayn estava com o braço esquerdo em volta de Samanta, e ele tinha tirado uma foto deles dois para colocar no Twitter. Ele postou a foto, colocando também o username dela. Em menos de uma hora depois Sam já tinha mais de cinco mil seguidores. Ele estava também postando fotos da mesa, de mim e de Niall rindo e bebendo. Quando eu fui olhar no Twitter, eu já tinha passado de seis mil seguidores.

- Elen, você não pode beber. Só tem 18 anos. – Harry brincou comigo.

- Filho, olha pra minha cara, você me dá 18 anos nesse momento? – eu perguntei um pouco tonta das ideias.

- Não! Nem um pouco. – Harry respondeu rindo.

- Você está parecendo a Caroline Flack. – Sam fez uma piada interna, ela falou em português. Os meninos não ouviram, e mesmo se ouvissem não entenderiam.

- Niall daqui a pouco vai criar asas. – Zayn brincou. Niall estava realmente se esbaldando. Eu só bebi um pouco, mas do pouco, fiquei muito ‘’solta’’. Zayn estava gravando um vídeo daquele momento. Harry não estava bebendo, mas estava muito louco também. Ele tinha se jogado em cima de mim, eu fiquei mexendo no cabelo dele. Niall estava tentando escrever algo no Twitter, mas não conseguia, ele tweetou bêbado, foi engraçado. Zayn parou por um minuto de filmar e voltou a ‘’papear’’ com Sam, eles estavam muito próximos. Eu dei uma de sensitiva, e vi ali mesmo eles dois se beijando. Sam é do tipo de garota certa para Zayn, fisicamente. Ela é morena, magra, cabelo castanho e ondulado e olhos castanhos, e ela é alta. Ela é muito inteligente. Ela só tem 20 anos e já tem uma Boutique na zona sul do Rio. E eu, eu sou do tipo ‘’chubby girl’’, alta também, branca (até demais), cabelo cacheado e loiro mel, olhos castanhos e o meu ‘’dom’’ é cozinhar. Estou pensando seriamente em fazer faculdade de gastronomia. ANYWAY, todos estavam meio ‘’balançados’’ por causa da bebida. Principalmente Niall. Sam tinha bebido um pouco também. Harry pegou o numero do meu telefone e também me seguiu no Twitter. Estava na hora de nós partimos. Saímos do pub, eu e Niall estávamos rindo a toa. Dentro do carro, Niall estava tentando me beijar, e o único lugar que ele conseguia me beijar era no pescoço. Eu sentia cócegas com isso, assim não parávamos de rir. Sam estava com a cabeça no ombro de Zayn, ele abaixou um pouco a cabeça e deu um selinho nela. Foi tão ‘’owwwwwwn’’ aquilo. Harry nos deixou no hotel. Todos saíram do carro pra nos deixar na porta. Zayn e Sam estavam se despedindo, trocaram o numero de telefone de cada um. Niall ainda estava saindo do carro, enquanto Harry falava comigo.

- Adorei te conhecer. – Harry disse olhando pra mim.

- Eu também. Você foi um completo cavalheiro. – eu sorri.

- Obrigado. – ele se aproximou. – Eu te beijaria agora, mas Niall está por perto. – ele deu um sorriso de lado. Eu fiquei tipo ‘’WTF?’’. O que estava acontecendo? Eu não tinha uma resposta, e somente ri. Niall estava conseguindo andar direito, estava mais sóbrio, ele tinha tomado café que eles compraram no caminho do hotel.

- Olha, desculpa se eu fiquei bêbado e falei algo que você não tenha gostado. – Niall falou rindo.

- Tudo bem, é assim mesmo. Eu amei tudo isso.

- Eu também, demais. – Niall se aproximou querendo me dar um beijo. MANOLO DO CÉU, o que eu ia fazer? Eu não tinha ação! Harry estava um pouco afastado e de costas falando no celular. Niall estava REALMENTE muito perto de mim, ele estava a ponto de encostar seus lábios nos meus, quando DO NADA me vem o SON OF BITCH do Zayn e fala:

- Cara, vamos. Temos uma entrevista pela manhã. – ele encostou no braço de Niall. Niall apenas olhou com uma cara para o Zayn do tipo ‘’o que você acabou de fazer? Corre ou morre, escolhe!’’

- Tudo bem. – eu sorri e passei a mão no peito de Niall. – a gente se fala depois.

- Eu queria ficar o resto da noite contigo. Desculpa. – Niall disse olhando pra mim. Logo em seguida ele pegou o iPhone do bolso. – É... Escreve no meu bloco de notas o seu numero de telefone pra eu te ligar amanhã. Eu não escrevo porque ainda não consigo digitar nada certo. – Niall riu.

- Tudo bem. – eu peguei o iPhone, e escrevi: ‘’I just met you, and this is crazy, but here’s my number (escrevi meu numero) so call me maybe. Haha I had such a great night with you. I hope to see ya soon. xx’’. Devolvi o iPhone pra ele. Ele me deu um beijo no pescoço e foi embora. Zayn se despediu de Sam com um selinho, foi fofo. Harry desligou o celular e veio se despedir de mim, ele me deu um beijo na bochecha, ai, a voz dele... Nem digo nada! Eu e Sam subimos para o quarto, chegando lá, tiramos os sapatos e mergulhamos na cama. Estávamos exaustas! 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...