Irresistible

”Until I met you, I could not imagine going through life with one person. Now I can not imagine going a day without you.”

”Até conhecer você, não me imaginava passando a vida com uma única pessoa. Agora não consigo imaginar passando um dia sem você.”

17Likes
9Comentários
6901Views
AA

17. Capítulo 17

Eu estava quieta e pensativa na cozinha.

- Elen, você está bem? – Éric perguntou.

- Sim... Eu só estou pensando no Zayn...

- Zayn? De Niall para Harry, de Harry para Zayn?

- Não, seu idiota. – Nós rimos. – Minha melhor amiga está vindo para Paris e ela ainda ama o Zayn, e eu estou pensando em falar com o Zayn sobre isso.

- Ah, aquela que ficou grávida? – Ele se sentou ao meu lado curioso sobre o assunto.

- Como você sabe disso? – Eu fiz uma cara de ‘’wtf’’.

- A mídia, baby. – Ele disse.

- Urgh, eu odeio a mídia! – Eu virei meus olhos. – Mas respondendo... Sim, ela mesma.

- Se eu fosse você, eu ligaria para o Zayn agora mesmo.

- Sério? – Eu fiz uma feição de dúvida.

- Vai logo, e liga pra ele! – Éric disse se levantando e gritando. Eu peguei meu celular e liguei.

- Zayn? – Eu disse.

- Sim, quem é? – Ele perguntou.

- É a Elen, você se lembra?

- Claro! – Ele ficou animado pela voz. – Você tem alguma noticia da Samanta?

- Obrigada por perguntar como eu estou! – Eu fiz uma piada, e nós rimos. – Estou brincando... Sim, eu tenho. Na verdade, eu preciso te perguntar uma coisa.

- Diga.

- Sam está vindo para Paris, ela chegará em um dia, e eu realmente quero que vocês se encontrem, vocês precisam disso.

- Espera aí, você está em Paris? – Ele perguntou.

- Sim, estou morando aqui, e Sam está vindo pra cá para ter o beb... – De repente eu percebi que ele não sabia da gravidez de Sam.

- Para ter o que? – Ele ficou curioso.

- Uh... Para ter o bebê. É que a cachorrinha dela está prenha, e a tratamos como uma pessoa mesmo. – Foi a única coisa que me veio a mente. Que resposta horrível! Sam nem sequer tinha cachorro.

- O que? – Ele fez uma voz de ‘’wtf’’.

- Não me faça mais perguntas, Zayn! Você quer vê-la de novo ou não?

- Claro que sim!

- Então venha para Paris amanha!

- Ok. Qual é o seu endereço? – Ele perguntou.

- 62 rue de Montreuil, 11th arr., Paris. Eu vou ficar te esperando. – Desligamos. Eu não sabia se tinha feito a coisa certa, mas que se dane, eu fiz!

  Quando eu cheguei em casa, Harry estava sentado a mesa da cozinha.

- Oi. – Ele disse.

- Olá... – Eu sentei ao lado dele. – Zayn falou com você.

- Sim. Ele é bem rápido, já arrumou a mala e já comprou passagem de avião.

- Bom...

- Você acha que é uma boa ideia? – Harry perguntou fixando seu olhar em mim.

- Eu não sei... A única coisa que eu sei é que Samanta é feliz com Zayn, e eu só quero vê-la feliz. – Eu disse olhando pra ele.

- Entendi... – Ele olhou para baixo. – Você é uma amiga maravilhosa.

- Obrigada... – Eu sorri. – Eu vou dormir. Tenha uma boa noite. – Eu o beijei na bochecha.

- Boa noite. – Ele disse com um pequeno sorriso.

  Na manhã seguinte eu não fui a padaria. Eu consegui dois dias de folga para resolver tudo entre Zayn e Samanta. Meus avós estavam trabalhando, e Harry e eu estávamos almoçando sozinhos em casa. A campainha tocou, e Harry foi atender.

- Zayn, Bro... – Harry abraçou o Zayn. – Saudade, cara.

- Saudade também, mano. – Zayn disse. – Ei, Elen. Você está mais magra. – Ele me abraçou.

- Oh obrigada, e você está muito bem, tipo muito bonito. – Eu brinquei com ele.

- Então, Sam não chegou ainda, né? – Zayn perguntou pondo sua mochila no chão.

- Não, ela chega amanha.

- Entendi... Então, nós temos um tempo livre, certo, Harreh? – Ele olhou para Harry e deu um soquinho no ombro dele.

- Yeah... – Harry sorriu. – Você se importa se eu sair com ele?

- Claro que não. – Eu sorri. – Saiam, se divirtam. – Eles saíram e eu fiquei em casa sozinha. A primeira vez que fiquei em casa sozinha em um bom tempo. Eu fui para o meu quarto e comecei a ‘’stalkear’’ Niall pela internet. Eu estava louca para vê-lo, para saber tudo sobre ele, mas meu orgulho não me deixava fazer isso. Eu peguei meu celular e coloquei como ‘chamada restrita’’ e liguei para ele. Eu só precisava ouvir a voz dele!

- Alô? – Niall atendeu. A voz dele, meu Deus, eu não podia resistir! Eu estava sem fôlego. – Alô? Quem é? – Niall perguntou de novo. Eu não disse nada, minha respiração estava rápida, eu estava ofegante. – Elen? É você? – COMO ELE PODERIA SABER? Eu desliguei o telefone na cara dele. Ele sabia! Meu Deus, ele sabia! Eu fui dormir com sua voz na minha cabeça.

  Eu acordei super animada! Eu iria ver minha melhor amiga depois de meses! Isso é maravilhoso! Eu me vesti e saí do quarto. Zayn e Harry estavam na cozinha tomando café.

- Bom dia. – Eu disse a eles.

- Bom dia, El. – Harry disse. Zayn estava muito nervoso, não conseguia parar quieto.

- Olha, Zayn, eu acho melhor você ficar no quarto, porque Samanta pode chegar a qualquer momento. – Eu disse pegando o leite na geladeira.

- Tudo bem, Elen... Muito obrigada por estar fazendo isso. Você é demais! – Ele me deu um beijo na bochecha.

- De nada. Você sabe que eu faria qualquer coisa para vê-los felizes.  – Eu disse, e logo após ele foi para o quarto. Eu fiquei sozinha com Harry, e estávamos olhando um para o outro.

- Ouça, Elen... – Quando ele começou a falar, a campainha tocou.

- Meu Deus, deve ser ela! – Eu corri para atender a porta. Era ela! – OMG! SAM! – Eu a abracei forte.

- ELEN! Você está tão linda! – Ela disse me abraçando.

- Obrigada. – Eu estava sorrindo com todas forças.

- Nossa, essa casa é linda. Seus avós tem um ótimo gosto. – Ela disse entrando na sala e enxugando o rosto. – Grávida chora a toa, são os hormônios. – Ela riu.

- Verdade... – Eu peguei as malas dela, e de repente ela viu Harry entrando na sala.

- Harry, seu gordo! – Sam o abraçou.

- O mesmo para você. – Ele colocou a mão na barriga dela. Eles riram.

- Por que você não senta no sofá enquanto eu guardo suas malas? – Eu disse.

- Ok. – Sam disse. Eu fui para o quarto para guardar as malas e Zayn me puxou para o quarto onde ele estava.

- Ela está aqui, né? – Zayn perguntou animado.

- Sim! Mas Zayn, eu tenho que te contar uma coisa... – Enquanto eu estava falando, ele começou a andar muito rápido pelo corredor. – Zayn, venha aqui. Não vá... – Eu fui atrás dele, e o puxei. – Calma aí, porra!

- Eu preciso vê-la! – Ele estava muito nervoso.

- Eu sei, mas você tem que saber que... – Eu parei por um momento. – Ela não está sozinha.

- O que? Ela trouxe um namorado?

- Não! Ela está grávida! – Eu disse.

- O que? Grávida??? – Ele ficou desesperado. Ele correu para a sala de estar, ele apareceu e só Harry pôde vê-lo. Harry arregalou os olhos.

- Samanta... – Harry estava tentando não deixar Sam ver Zayn. – Você... Você está muito bonita.

- O que foi? – Ela achou isso estranho e de repente se virou. Zayn estava lá.

- Samanta... – Zayn chegou mais perto dela, e Sam começou a chorar. Ah, os hormônios.

- Você fez isso, Elen? – Ela disse olhando para o chão.

- Eu tinha que fazer. Por favor, Sam, converse com ele. Venha, Harry, vamos deixá-los sozinhos.

- Não, eu saio. – Sam saiu da sala para o jardim.

- Sam, espere. – Zayn foi atrás dela. Harry estava em pé na porta da varanda, e eu fui para o meu quarto, porque dava para vê-los pela janela e escutar um pouco da conversa.

- Sam, o que aconteceu? Por que você está fugindo de mim? – Zayn perguntou com suas mãos na cabeça.

- Zayn... Por que você está fazendo isso comigo? – Ela estava chorando.

- Com você? Foi você que foi embora! – Ele disse com um sorriso sarcástico. Ela continuou olhando para o chão e chorando. – Eu posso ver que você está grávida... Você se esqueceu de mim tão fácil... – Ele se sentou no banco que havia no jardim.

- Fácil? Eu não me esqueci de você! Eu pensei em você, e ainda penso todo santo dia! Mas eu tinha que ir.

- Por que? O que foi tão sério, tão importante que você teve que me deixar? – Zayn ficou de pé e parou em frente a ela.

- Isso... – Ela pôs as mãos na barriga.

- Eu não entendo... Você ficou grávida de out... – Ele parou de falar quando Sam olhou para ele com aqueles olhos enormes e cheios de lagrima. – Você... Você está esperando um filho meu? – Ele ficou sem palavras. Samanta apenas disse ‘’sim’’ com a cabeça.

- Me desculpe... – Ela chorou ainda mais. – Quando eu descobri que estava grávida, a primeira coisa que pensei foi desaparecer... – Ela fez uma pausa. – Imagine quão grave seria se as pessoas soubessem disso? Não sabia o que poderia acontecer, eu estava com medo... Eu estou com medo.

- Sua bobinha. – Ele estava com os olhos cheios d’água. – Não importa o que os outros iriam dizer, não importa o que iria acontecer. Eu amo minha vida, mas eu te amo ainda mais. – Ele pôs suas mãos nas bochechas dela. Ela deu um pequeno sorriso.

- Então... Você está dizendo... Nós podemos voltar? – Ela perguntou secando as lagrimas.

- Claro! É tudo que eu mais quero! – Eles se abraçaram e se beijaram. Eu chorei, e aposto que Harry estava chorando também.

- Só pra constar... É um menino! – Eu gritei da janela. Eles riram.

- Um menino? OMG! – Zayn ficou ainda mais feliz.

- Elen, venha aqui. – Sam gritou para mim. Eu sorri e me virei para ir, quando eu tive a maior surpresa de todas.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...