Look After You!

Eu o amava, mesmo sabendo que era proibido. Ele era namorado da minha melhor amiga, e eu sabia que ela o amava também! Nossa amizade era “velha”, 14 anos e eu não podia simplesmente acabar com ela por causa de um cara! Eu não tinha certeza dos sentimentos dele por mim, se ele também queria o mesmo que eu... Afinal, ele era o Louis Tomlinson, o namorado da Alex Ward e eu simplesmente Eleanor Calder, a melhor amiga dela.

0Likes
0Comentários
413Views

1. Doritos

 

- Alex! – Essa sou eu, uma perfeita retardada berrando escada abaixo enquanto uma criatura loira corre que nem uma desvairada.

- Foi sem querer, eu juro. – Ela riu correndo para trás do sofá. – É que vocês ficam lindos juntos!

- Você é doida? – Resmunguei brava. – Eu o odeio.

- Sei bem que ódio é esse... – Ela entortou os lábios. – Não me engane Eleanor Calder, te conheço desde que você nasceu!

- Olha Alex, eu... – Antes que eu pudesse dizer algo ela saiu cantarolando para cozinha enquanto o celular dela tocava.

- É ele. – Ela disse sorrindo.

- Não é maldade eu ser sua melhor amiga e não conhecer seu namorado? – Indaguei de braços cruzados.

- Um dia vocês se conhecem Els! – Ela mostrou a língua e atendeu.

- Els?! Agora lascou de vez. – Revirei os olhos enquanto procurava algo nos armários.

Estava morrendo de fome, estava a duas horas fazendo um trabalho da faculdade com Alex e eu mal sentia minhas pernas agora! Abri o armario procurando por algo, por fim achei um pacote de doritos e rapidamente o ataquei. Peguei um pouco e o deixei sobre a bancada, abri a geladeira e encontrei a garrafa de coca cola esperando para ser aberta por M-I-M! Peguei um copo e despejei o liquido dentro, guardei a garrafa novamente e me sentei, saboreando aquela combinação tão boa! Encarei Alex, ela ainda falava com o namorado!

Sim, eu não conhecia o NAMORADO DA MINHA MELHOR AMIGA! Ta vendo como Alexandra Ward é uma ótima amiga?!

- Ele vai voltar para Londres esse fim de semana. – Ela disse com um sorriso gigante.

- Oh que bom. – Disse irônica.

- Meu irmão vai te matar, você sequestrou o doritos dele. – Alex disse rindo.

- Ninguém mandou o John deixar esse doritos dando sopa. – Mostrei a lingua e ela riu. – Mas e então? Me conta dele, ate agora eu só sei que o individuo se chama Louis!

- Ain Eleanor, ele é tão... – Ela disse e suspirou. – Não tem como descrever! Ele é perfeito sabe? É um palhaço mas mesmo assim...

- Alexandra, nem deu para imagina-lo se você quer saber! – Revirei os olhos e ela fez careta.

- Sabado você o verá. – Ela sorriu. – Ele virá para o aniversario da Mere.

- Esta dizendo que seu namorado Louis virá para o aniversario de 3 anos da sua irmã caçula Meredith? – Disse confusa.

- Lou tem cinco irmãs mais novas se você quer saber! – Ela disse e eu arregalei os olhos

- Wow, tudo isso de cunhada? – Indaguei surpresa. – Você vai morrer Alex.

- Cheguei. – Nos viramos e a Sra. Ward acabava de entrar acompanhada do marido e de John, que estava com Mere no colo.

- Oi florzinha. – Disse lhe apertando as bochechas e ela fez careta.

- Num aperta eu Els. – Ela murmurou e eu ri.

- MEU DORITOS! – John a soltou e pegou o pacote já vazio. – Eleanor Jane Calder! Sua...

- Cuidado com o que vai falar John Mathew Ward! – Apontei o dedo pra ele e Alex segurou o riso, ela sempre tentava me juntar com o irmão dela. Ele bufou e voltou a olhar o pacote, peguei meu celular e olhei o visor, quase 21h. – Tenho que ir.

- Porque não dorme aqui? – Sra. Ward indagou.

- Não posso, nem avisei. – Sorri fraco. – Se eu sumir minha mãe vai me matar.

- É só você ligar. – Alex disse como se fosse a coisa mais óbvia.

- É serio Alex, eu tenho mesmo que ir. – Disse tentando parecer tranquila. – Boa noite.

- Boa noite. – Um coro de vozes disse.

Sai rapidamente da casa dos Ward e entrei no carro. Sabe alguem que vai me matar? Se pensou na minha mãe, acertou! Ta certo, 20 anos de idade e a mamãe ainda enche o saco? Pois é, assim é a vida né? Acho que é pelo fato de eu ser filha única e ainda por cima, mulher! Ninguem merece essa discriminação! Revirei os olhos enquanto estacionava na garagem de casa.

- Eu vou morrer... – Cantarolei entrando pela porta dos fundos.

- ELEANOR JANE CALDER! – Eita que esse povo hoje se apaixonou pelo meu nome! – Aonde a srta. Estava?

- Na casa da Alex. – Dei de ombros. – Mãe, antes que você dê sermão... Eu fiquei duas horas sentada na frente de um notebook fazendo um trabalho, a única que coisa que esta na minha barriga é doritos e coca cola e eu to morrendo de sono!

- Vai dormir sua peste de 20 anos! – Ela resmungou. – Mas avise da proxima.

- Claro, eu aproveito e saio com marias chiquinhas e uma blusa das princesas. – Pisquei e fui para o meu quarto.

Sério, o que eu não daria para minha mãe ter outra filha e então “redirecionar” essa preocupação toda pra ela! Abri a porta do quarto e joguei minha bolsa sobre a escrivaninha, ave Maria! Pense em um quarto bagunçado! Lhes apresento o quarto de Eleanor Calder! Ta bem, não estava tão bagunçado assim, mas estava! Vai entender a minha lógica... Enfim, separei meu pijama e fui tomar um banho. Já me cansava só de imaginar que eu teria que apresentar aquele bendito trabalho junto a Alex amanhã! Me vesti e sai do banheiro enxugando os cabelos, olhei a minha “pouca bagunça” e resolvi arruma-la, o que não demorou tanto assim.

Logo estava jogada na cama olhando o teto. O sono sempre sumia quando eu me deitava, eu não entendia bem a lógica, eu deveria é ficar com mais sono e dormir de uma vez! Respirei fundo me lembrando de Alex, ela havia dito para o irmão dela que eu estava afim dele! Ninguém merece, agora John vai ficar me enchendo a paciência, mais do que ele já enchia! Mas tudo bem, nada com que eu não possa lidar. 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...