The Interview

Um simples entrevista poderia mudar a vida de algumas pessoas? Bom, e se o simples fato dela ter vindo de Wolverhampton mudasse completamente o rumo de suas vidas? Namorar alguém como eles não seria nada fácil...para nenhuma das duas!

8Likes
36Comentários
4907Views
AA

7. Eu te amo!

No capítulo anterior...

- Você está demitida.

DEMITIDA?!

- A sua 1ª regra era não ter outro tipo de relação com quem você trabalha. Sinto muito.

- Não, mas foi por minha culpa!

- Só que eu não te culpo por isso!

- Posso ter uma chance?

 

Skylar's POV

Acordei no domingo com uma baita dor de cabeça. Coloquei a mão na testa que estava pegando fogo e olhei o visor do celular. Lembrei das mensagens que tinha recebido do Liam que diziam "eu te amo!" e fiquei pensando....E se realmente fosse verdade, não! A gente mal se conhecia! Talvez a Britt estivesse certa. Talvez eu devesse parar com esse "drama" e deixar rolar.

Levantei cambaleando e fui direto ao banheiro tomar um banho pra ver se aquilo melhorava....Resultado de 10% o que não adiantou muito. Fui pra cozinha pegar algum remédio e a criatura tava lá fuçando os armários.

- Sky! Até que enfim! Preciso de ajuda, não encontro nada aqui!!

- Ai, fala mais baixo!!

Parecia que tinha mil caixas de som dentro da minha cabeça. Estava horrível! Caminhei até a prateleira de remédios e tomei uns comprimidos.

- O que você tá sentindo?

- Nem me pergunte....

- Você bebeu depois que eu dormi?

- O que? Não!

Aquilo já era absurdo! Eu? Bebendo? Ah tá, conta outra.

- Ai, olha. Eu vou te ajudar. Vou pedir alguma coisa pro almoço e daí posso cuidar de você.

- Não precisa, sério! Só me distraia então a dor passa. 

- Tá.....Você vai parar de drama e vai aceitar o Liam?

- Brittany!

Comecei a rir e ela também.

- O que?! Eu só perguntei, além do mais, você pediu pra eu te distrair lembra?!

- tá bom! Eu não sei, acho que sim.

Eu falei rindo. Meu celular tocou. Liam.

- Falando nele.... - atendi o telefone - Oi!

- Oi! Hoje é domingo e não tenho nenhum compromisso o que é um milagre então acho bom você aproveitar porque queria conversar com você.

- Conversar? Sobre o que? 

- Ah há! Vai ter que aceitar sair comigo pra descobrir!

- Sair com você? Sério?

Olhei pra Britt que tava pulando feito louca e sussurrando "sim", "aceita logo"...

- É. Tem um lugar onde ninguém conhece.

- Ah...tá legal. 

- Ótimo! Te pego às 7:45 tá bom?

- Tá! Até lá. 

Desliguei e comecei a rir feito criança e Britt a pular em cima de mim! A essa altura já tinha esquecido da minha dor de cabeça. Isso incrível! O que ele fazia comigo! E claro que seria mais difícil se Britt não tivesse aqui, afinal ela é praticamente minha irmã!

O tempo passou rápido e Britt tava dando à louca - de novo - pra me ajudar a me vestir. Ela tirava vestidos e mais vestidos...

- Brittany! Chega! Eu vou do meu jeito, quero ser eu mesma!

- Ai tá legal, depois não diga que eu avisei!

Às 7:30 fiquei pronta (Link 3 nos comentários) e no horário combinado ele chegou.

- Vamos?

- Vamos. Tchau Britt! Cuidado tá?!

- Pode deixar!

Ela sorriu e fechou a porta.

- Você não me deu nenhuma dica sobre onde você iria me levar então...

Disse encarando meu visual.

- Você tá perfeita, além do mais, não precisa ser algo muito chique.

Ele sorriu e fomos pro carro. Durante a viajem, ríamos e até cantamos juntos, o que foi uma vergonha já que eu canto mal de doer!

- Chegamos!

Era um lugar cheio de árvores e um lago enorme perto de uma casa. (Link 4)

- Espera aí, essa casa não é...

- É sim!

Sorri desajeitada. Entramos e ela estava completamente vazia.

- Vem.

Ele me guiou até a sala (Link 5) e sentei no sofá de frente para uma vista maravilhosa!

- Então, sobre o que queria conversar?

- Hum...é....Sky, eu sei que faz muito pouco tempo que a gente se conhece mas....Eu te amo e quero que você fique comigo pra sempre!

Eu entrei em choque, não pensei que ele seria assim tão direto! Em parte com medo, porque...ele tinha me trazido pra uma de suas casas e quase no meio do nada!

- Quer ser minha namorada?

Ele estava ajoelhado com um anel - provavelmente de compromisso - na minha frente. Eu não sabia o que fazer. Então lembrei do que Britt tinha me falado: "Quando o coração manda, ninguém o pode parar". Resolvi obedecer meu coração...

- Quero! Quero! Eu também te amo!

E eu o amava...e muito! Pulei pra cima dele num abraço e logo ele colocou o anel no meu dedo e eu no dele. O abracei de novo e quando afastamos as cabeças - ainda com os corpos colados - ele se aproximou mais selando os nossos lábios num beijo...Foi incrível, eu não sabia o que realmente estava sentindo! Amor, felicidade, emoção....me coração ia saltar pra fora! Eu era a pessoa mais feliz do mundo!

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...